Subscribe:

quarta-feira, outubro 17, 2012

TOLERÂNCIA ZERO

 
Esse momento chegaria mais cedo ou mais tarde. Afinal, são três contra um! Mas tem horas que não dá pra manter a sanidade. Infelizmente é assim que é.
 
Minha maior dificuldade tem sido com um tal leonino, Sr. Cabeça de Bolinha, o de número dois, a coluna do meio, o explosivo e temperamental gatinho que se acha o umbigo do mundo e foi mesmo, até o nascimento de dona Miúda.
 
Eu que derramei muitas lágrimas no tempo do aleitamento, antevendo as dificuldades que viriam, por achá-lo muito novo, por saber que estava sendo arrancado do seio do chamego sem estar preparado pra isso com tão pouca idade, sem um prévio amadurecimento e tals... aquelas lágrimas tinham razão de ser.
 
Hoje, o Sr. Cabeça de Bolinha oscila entre o extremo carinho e a agressividade. A agressividade e explosões de raiva, são por conta do leião que vive dentro dele e que claro, sabe como ninguém seduzir e ser gatinho na mesma proporção.
 
Coisas mínimas, como mudar a letra de uma música que ele curte, pegar um brinquedo sem sua autorização, dar-lhe uma zoada básica, porque nessa família todo mundo zoa e é supernormal ser zoado, desde que não se falte respeito... nuoossa, vai tentar! O tempo fecha. Não pode zoar, mas ele adora botar pilha nos outros.
 
E eu ando por um lado feliz por estar lidando desde junho com os 3 e estar conseguindo não matá-los de porrada, ou simplesmente esganá-los e por outro lado estou triste, porque dos puxões de orelha e palmadas na bunda, o campeão é o Sr. Cabeça de Bolinha.
 
Você diz: "Não faz isso!" Ele vai lá e faz. "Não pula aí!" Ele vai lá e pula. "Fala baixo que eu quero estudar ou seu irmão tá estudando!" Ele canta, grita, fala alto... E você fala uma, fala duas, fala três e na quarta você já está berrando e na quinta totalmente possuída, já está quase arrancando a orelha dele e o conduzindo até o castigo. Caraaaaaalhoooo!
 
Mas só uma mãe q ama sabe o quanto doi cada puxão de orelha ou palmada. A sensação nunca é boa. Doi muito na gente, deixa um rastro de raiva por estarmos tomando tal atitude. Abala nosso âmago, traz uma infelicidade e mais, eu fico puta por horas quando tenho que recorrer.
E sabe o que é pior? No caso do Sr. Cabeça de Bolinha, dá pra notar que ele não faz por mal, nem por afronta. Isso é que faz doer muito mais quando tenho que puní-lo. Ele não é como algumas crianças que eu pude conhecer, que talvez por problemas familiares, usam do artifício negativo para obter atenção dos pais. Bolinha não é assim. Ele esquece q não pode pular ali, esquece que não pode falar alto e esquece que não pode fazer isso ou aquilo. E se vc perguntar por quê, ele responde que não sabe ou que fez porque quis.
 
Hoje conversei com ele antes de tirá-lo do castigo e chamei sua atenção pro fato de que só ele ganha puxão de orelha, só ele ganha palmada na bunda. Que os irmãos dele não são criados dessa maneira, apesar de cometerem erros também.
Ele ficou me olhando, com aqueles olhos lindos, me pediu desculpas, deu um beijo e me abraçou como se nada estivesse acontecendo. E eu ali, com aquela dor, com os dedos queimando pelo puxão de orelha e aquela raiva de mim sem tamanho, que me fez ficar emburrada até agora, com essa dor aqui dentro.
 
Estou com essa raiva de mim, com essa dor remoendo e uma vontade de derramar litros de lágrimas que não descem. Por causa disso, fui ríspida com os outros, perdi a paciência com Dona Miúda que estava uma chata de galocha e ainda consegui ser grosseira com Pacotinho que estava tentando me ajudar perguntando o que estava rolando.
Engraçadão foi pro futebol e eu fiquei aqui com esse nó na garganta. Com esse dilema e essa pergunta que paira no ar:
 
Será que eu estou exagerando e sendo escrota com um menino de 5 anos q vive dentro de um apartamento de 60m2 e tem energia de sobra? Será que eu deveria ser mais tolerante e aprender a contar até mil?

6 comentários:

Anônimo disse...

Querida, bem vinda ao grande grupo de mães que passam por essa situação. Sempre pinta essa dor, mas digo a você que tudo isso é bobagem. Veja bem, não estou fazendo pouco do seu sofrimento, só digo que é pura bobagem.

Acredite se puder, as crianças pedem para levar uns catiripapos. Elas, sem saber organizar seus pensamentos lógicos, percebem por instinto que naquele ambiente existe uma autoridade máxima e é desejo delas ser tomar esse poder.

Quando você disse que ele te beijou como se nada tivesse acontecido, é porque nada aconteceu mesmo para ele. Ele sabe das coisas melhor do que você, rs.

Desencana, essa não foi a primeira vez e não será a última. Outras crises você terá.

Beijocas

Yvonne

Morena disse...

Flávia,
Respira! Vc já contou até mil qdo tomou sua postura. Lembre-se vc n está espancando seus filhos, vc está fazendo seu melhor e só por vc e o Fernando serem como vcs são é que seus filhos são exemplos, são elogiados em qq lugar que eles vão. Realmente, como leonina e como mais velha e como a que foi largada n vezes supeeeeeeeeer entendo o gostosinho aí!!! Mas ele tá crescendo, tá cheio de energia, tem horas q vc tem q ser mais rígida sim e é só por isso que ele não está um malcriado e mal educado! Ele sabe o limite pq vc o deu... claro que ele é um fofo e n percebe sempre que está errado, mas aos poucos isso vai se infundir na cabeça dele. É novo vc ter que estudar, é novo vc estar todo o tempo com eles, quase. É fase até todos vcs se acostumarem. só isso.

Desculpa o testamento aí... to escrevendo artigo aí sabe como é! rs

E se precisar tamo aí!

Beijos saltitantes
Bom restinho de semana

Flavio Santos disse...

Engraçadinha, troque o castigo físico por outra coisa: tire dele, o que ele mais gosta. Quer ver TV? Não vai ver! E diga o motivo. Quer jogar videogame? Não vai jogar, e diga o motivo. Olha, se porrada ajudasse, eu era um santo, pois na infância apanhei mais que "bife de pensão" e pouco adiantou.
Abraços,

Flavio/Gaúcho

Lulu disse...

É difícil para uma mãe. Vi minha mãe na sua situação. Meu irmão é leonino e era super temperamental quando criança.
Boa sorte.
Big Beijos

Paola disse...

Aff... não sei se é bom ou ruim lhe dizer q vc não é a unica q sofre desse mal...rs Eu não tenho 3 miúdos... mas vontade de acertar o dilema e a culpa são os mesmos....O Guto tem 3anos é um libriano típico... metódico, sensível (até d+), sofre com verdade....mas é extremamente maleavel...compreensivo... e carinhoso...quase nada agressivo...tirado como bobo por outras crianças (principalmente pelo irmão mais novo) ..O Lipe com 1 ano e 9 meses... Capricorniano... não sei muito sobre este signo... mas sobre meu pequeno tiro de letra... uma criança EXTREMAMENTE ativa...q detesta errar... ser zoado.. ser ignorado. Carinhoso q dá ate vontade de morder... sabe aquelas crianças q deixam td?!?! pois é,.. ele deixa... uma delícia...absurdamente engraçado e perspicaz e inteligente no sentido de que ele sabe exatamente o que quer e quando quer...ele não bebe nem agua se não quiser... e não vá dizer pra ele q não dá ou que ele não pode fazer algo e você vai ver o fim do mundo. Por conta disso é o que mais toma uma bordoadas na bunda... e o que mais tempo passa de castigo (diariamente)...é muuuuuuuito genioso me testa o dia inteiro, e é evidente que eu não me mantenho racional por muito tempo.. ultimamente no máximo 5 min... tamanho o estresse... Me pego pensando todos os dias se não sou exigente de mais com eles, afinal de contas são bebes ainda... e ao mesmo tempo me vejo sendo mais tolerante e tomando na cara de um bebe e em alguns anos de um adolescente. Uma vez ouvi da minha propria mae: "Você acha q esses meninos têm 15 anos!!" Tamanha minha exigencia. Mas por ser uma pessoa extremamente racional e pouco emocional não é muito difícil me manter firme em dar a eles uma educação mais "rígida" e isso não quer dizer que eu queira que eles sejam robôs, quero que eles brinquem, se divirtam, se sujem, mas que me respeitem e que respeitem as regras do certo e errado. Mesmo assim o medo de errar, de estar sendo dura demais paira sobre minha cabeça diariamente como uma nuvem negra de culpa..rsrsr

ANDRE GONÇALVES DA SILVA disse...


20 pessoas que se deram mal tentando bancar os engraçadinhos

http://www.mestresabe.com/2015/07/20-pessoas-que-se-deram-mal-tentando.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...