Subscribe:

quinta-feira, dezembro 31, 2009

ÚLTIMO POST DO ANO

Nos últimos estertores do segundo tempo, eis que eis-me!
Ah, eu sei que desapareci assim, meio de lado, já saindo, indo embora e tals, mas foram vários os contras.

Depois que descobri que carrego uma ervilha, danei a ter contrações. O médico queria me suspender, mas eu implorei, coloquei as mãos postas, pisquei os zóinho e pedi pleeeeeeaaaaase!. Por esse motivo, era do trabalho pra cama e remédios, claro!

Daí que no tronco bloquearam o blogger de novo e eu não consegui postar, porque ando trabalhando horrores. Parece que eu resolvi compensar todas as enroladas do ano de uma só vez.

Agora somem uma coisa com a outra!

Bom, além de ter mudado o layout, porque me cansei daquela cara marrom-cocô do blog, andei fazendo amigo-oculto no tronco, andei arrumando confusão e de algumas partes eu realmente não me orgulho.
Mas é foda conviver às vezes. Você passa a maior parte do seu tempo lá e não quer muito ver mudanças.
Nós temos um elemento novo, que deve ter menos de 6 meses e é bastante conhecido como Joselito. Sabe Joselito? O sem noção total?
Pois é, mas como aquele eu nunca tinha visto.
Daí que sobra pra secretina dar toda a sorte de notícias né? Desde as mais felizes até as cabeludas. Eu dei a cabeluda.

Falar a verdade não é fácil. Vc ter que dizer ou escrever na cara do sujeito, você é isso, você é aquilo na hora em que se está com raiva é mole, mas e depois pra dar o send? Eu não sei fazer muito isso não. Falar por trás é tão mais fácil né?
Mas é que já estava aquele clima de muito cochicho por trás (sem trocadilho) e eu resolvi fazer diferente só pra variar. Não pensem vocês, moscas e percevejos que aqui vêm, que botar todas as verdades no papel com absoluta sinceridade é fácil. A gente se sente como se os errados fôssemos nós. Ok, surtiu efeito, mas vamos ver até quando!

Bom, o metrô está aquela mesma bosta de sempre, mas devido aos enforcamentos do feriado, ontem tomei coragem e entrei. Para minha surpresa, me lembrou o metrô de antigamente, na época em que as pessoas começaram a usar e fazer dele um veículo para ir ao trabalho.

Aqui no meu barraco os meninos estão de férias. E férias mobilizando o Engraçadão do pai deles pra ficar junto.
Eles estão tal e qual pinto no lixo posando de papai pra cima e pra baixo. Eu no tronco!
Ontem Pacotinho no vigor de seus 7 anos, tirou a rodinha da bicicleta e deu lição em muita gente que aprendeu só aos 12, tipo assim... eu...
Ainda não vi, mas lá do tronco pelo telefone quanse chorei de emoção. Aquele sorriso na voz é tudo!

Beeem, como vcs minhas queridas moscas e percevejos podem observar eu não toquei em assunto de natal. Meu natal foi super em família, com gente muuuito querida, sem bater fotos, nem atender ao celular, muito menos chegar perto do twitter.
Me afastei completamente dessa megalópolis cibernética galopante por vontade própria. Aaaah! Não sou obrigaadaaan! Sem contar que ficar offline de vez em quando é digno, é bárbaro.

O que eu espero pra 2010?
Bom, minha wish list já está feita à direita e conforme eu for alcançando as metas, vou riscando. É só esperar!

Bj na bunda.

quinta-feira, dezembro 17, 2009

BATENDO NA MESMA TECLA

Eu juro que eu queria passar pelo menos uma semana sem falar do Metrô.
Mas cara, eu não consigo.
Eu tento com todas as minhas forças e já saio de casa repetindo o mantra
"HOJE VAI DAR TUDO CERTO, HOJE VAI DAR TUDO CERTO, HOJE VAI DAR TUDO
CERTO..." mas quando não são eles que cagam no pau, é a gentinha que
frequenta aquela joça que acaba me tirando do sério!

Hoje eu saí do vagão e cuspi em cima de um sujeito um CARALHO maior que
ele.
Imaginem vcs! Eu grávida, 1,60m, botando um caralho maior que eu ao saltar
do metrô. Explico:

Sabe aquele pessoal que anda em bando e meio que forma uma família na hora
de ir pro trabalho, que costuma pegar a mesma condução todo dia junto?!
Pois então, eu estava sentadinha no banco preferencial lendo minha Marie
Claire, com fone no ouvido que é pra evitar de desfazer meu escudo protetor
que me priva de ver coisa feia e ouvir merda já de manhã, quando o povo
entrou na Central. Caguei. Nem vi.

E aí ficou aquele burburinho perto da porta.
É... eu não sei o que eles pensam, mas eles ficam bem no caminho, na frente
da porta de desembarque, como se estivessem no seu próprio puxadinho,
fazendo aquele churrasquinho na laje ao som do pagode mais insuportável do
último momento. Isso tudo dentro do metrô.
Eles fazem aquela rodinha em torno da churrasqueira e ficam batento o maior
papo, quando não estão batucando enquanto o churrasquinho de fraldinha não
sai.
O mais próximo de mim, jogou a âncora e ignorou solenemente que ali não era
a laje que ele tanto gosta. Aí eu perguntei:

EU PERGUNTANDO - Você vai descer?
O SUJEITO - Não.
EU PERGUNTANDO - Então me dá licença?

Esse saiu do caminho. Mas tinha outro! Sim, porque no grupo dessa gentinha
que anda em bando, vc sempre pode encontrar exemplares piores. O imbecil
dava dois de mim, tinha uma barriga maior que a minha e uma pochete (sempre
ela) atravessada no corpo. O povo desviando dele pra descer e ele
impassível.
Quando chegou minha vez, o imbecil não moveu nem um centímetro pra eu
passar.

Pedi licença e o cara não deu.
Aaaaah maluuuuuco... Eu passei empurrando e a única coisa que eu consegui
dizer na hora foi:

EU - CARAAAAAAAAAAAAAALHO!

Sinceramente eu não sei porque eu falei caralho.
Podia ter dito "porra", ou ainda "mas que merda!" mas não. Saiu "caralho"
mesmo.
E sinceramente eu ainda não sei se zoaram ele, se me xingaram de volta, se
riram, se relincharam, se comeram capim, se ficaram de quatro (sua posição
original!)... eu estava de fone e subi as escadas rolantes ainda incrédula
da tamanha falta de educação e também intrigada do por quê do "caralho".

Aí eu chamo de gentinha, de gentalha, de pobretada, de povinho, mas na
verdade eu tenho asco é de gente ignorante.
Falta de educação pra mim é o fim da picada e sinônimo de todos esses
adjetivos.
Eu não tenho tolerância alguma e grávida então, que os hormônios estão
subindo pelos cílios, eu quero é matar mesmo!


Fora isso, quem me follow no twitter já sabe que não adiantou suspirar, nem
espernear, nem fazer beicinho.
Estou esperando uma menina dessa vez (O pior foi aturar a quantidade de EU
JÁ SABIA! dos amigos. Putz...). E a notícia de como foi essa descoberta eu
botei no livro.
É. Agora eu estou besta assim. Deixo de contar as coisas aqui pra botar no
livro.
Porque senão não vai ter graça né?! Vocês não vão querer comprar um livro
cheio de textos que vcs já estão carecas de saber.
Então eu estou juntando alguns de inéditos também.

A boa notícia em relação ao livro, é que consegui as duas pessoas pra dar
depoimentos na contra-capa.
Uma delas é um dos blogueiros que eu mais admiro e respeito, Sr. Danilo B.
do Crussificados (pega aí no meio dos Fofonildos - sem trocadilho, por
favor!).
O outro é jornalista esportivo do Jornal O Bobo, o Sr. Antônio Maria Filho,
que leu e ficou com os cabelinhos da orelha arrepiados.
Feito isso, agora falta finalizar capa e contra-capa, pra depois fechar a
edição e botar no pau. Não no meu, porque eu não tenho pau.

As Mulheres a La Carte fizeram uma belíssima homenagem ontem pra Miss
Surpresinha, também conhecida como Ervilha, mas que na verdade se chamará
Lourdes. Quem quiser conferir, clica lá em cima em CASA DE PRAIA e comenta
porque senão eu dou porrada.

Hoje vou almoçar com Dona Dani e Dona
Alicia Keys
que veio diretamente de
BSB pra passar uns diazinhos aqui no Rio. Desde o ano passado quando esteve
pela primeira vez, Miss Keys virou fã. E não sei se vcs lembram, mas nós
almoçamos juntas e teve até post (que eu não achei aqui, dãããã!).

Bem, por hoje é só meus queridos 5's leitores.

Bj na bunda de geral!

sábado, dezembro 12, 2009

INACREDITÁVEL: FIM DE SEMANA BÁRBARO!

Eu poderia estar roubando, poderia estar matando, mas estou em Búzios refrescando o rabão dentro d'água o tempo todo.
Não sabia, juro, mas pari dois peixinhos.
Depois de uma semana de água initerrupta no Rio de Janeiro, muito chuá, chuá mesmo, mentalizamos forte para que fizesse sol aqui no fim de semana. E não é que fez mesmo?

Ói!

Cansadona e com fome, mas feliz!
Nós planejamos essa viagem há mais de 1 mês e queríamos sol, justo nesse fim de semana e tudo se encaixou.
Os moleques só souberam perto da hora de sair de casa. Foi realmente bárbaro.
Nós erramos o caminho umas 3 vezes e o que seria 2h de viagem, virou quase 3, mas foi bárbaro.


Quando finalmente chegamos de bunda quadrada na pousada, demos de cara com a piscina e os moleques infernizando que queriam cair dentro dela e foi bárbaro. Quase afogamos os dois de tanta água, mesmo morrendo de fome, mesmo assim foi bárbaro!

Ô chamego!


Meia hora depois ou quarenta minutos dentro d'água, eles toparam sair da piscina. Essa parte tenho q confessar que foi bárbaro. Aí a gente achou um restaurantezinho na rua das pedras à kilo, que a cada prato, vc ganhava um suco de laranja. Barbaríssimo. Comi que nem uma animal, quase fiz vergonha, mas foi bárbaro.

Depois a gente se enfiou dentro do carro e tomamos rumo à praia da Ferradura. Lá não tem onda e é perfeito pra quem tem crionças como as minhas. Pacotinho a-mou, mas Sr. Cabeça de Bolinha está naquela fase de ter cagaço de mar, então ficou na cadeirinha. Enquanto isso, nossa barraca de praia voava e acertava minha cabeça, minhas costas.... a parte que atingiu minhas costas então, foi realmente bárbaro!

Aí eu fiquei olhando pra Engraçadão brincando com Sr. Kbça de Bolinha, com tanto amor e paciência e me lembrei como eu ando porco espinho de tão insuportável.
Analisei seu sorriso, seu corpo, seu amor conosco e paciência e meu coração se encheu de amor. A mágica de Búzios acontecendo! Não pensei duas vezes, saí do meu trono, tão rainha e soberana e tasquei um beijão nele, daqueles de língua como eu não beijava há eras e adivinha? Foi divinamente bárbaro!
Não senti aquele cheiro nele, mas tesão também não deu. Vamos dar tempo ao tempo. Já consigo beijar meu marido. Bárbaro!


Aí o sol começou a entrar pra nuvem e bater aquela friaca.
Pacotinho que tinha arrumado um amigo, foi chamado pra voltar (sim, ele estava igual a um pinto no lixo), dar um último mergulho, porque a areia da Ferradura é daquelas fininhas q grudam e cagam a porra toda.


Então ele obedeceu, a gente voltou pra pousada e como ainda tinha um restinho de sol, adivinhe! Piscina, claro! Bárbaro.

E então, tinha acabado de sair aquele cafézinho fresquinho da tarde e eu bebi. A cozinheira, ainda colocou uns biscoitinhos recheados com chocolate... huuuummmm simplesmente bárbaro! Eu não comi porque não gosto de doce, mas os meninos, realmente fizeram vergonha. Essa é uma das muitas vantagens de se viajar fora da alta temporada. Vc é tratado de maneira divinamente bárbara!

Aqui tem conexão wireless, por isso estamos fofocando em tempo real.
Amanhã vamos escolher pra qual praia iremos, mas não sei ainda, porque vamos deixar pra resolver na hora... é digno, é bárbaro.

Depois eu conto mais.

Bj na bunda.

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Boicote ao metrô!



E aí?
Vocês lembram do boicote ao Metrô Rio desta segunda feira, dia 30 que passou?
Não? Vou confessar, fiz questão de esquecer.

Sabe o que que é? Deu vergonha! Vergonha de ver como meu irmão brasileiro é preguiçoso e desligado.
Não sei o que houve ou o que fizeram aquele povo da ditadura, os milicos que governaram até a década de 80, mas seja lá o que fizeram foi muito bem feito e está dando reflexo até hoje!

Ah! Engraçadinha é chata, encrenqueira, barraqueira... pode até ser, mas eu descobri que eu não sou acomodada e simplesmente a-mo dormir em paz com a minha consciência.
Eu tenho a plena noção que o poder está nas minhas mãos. Q se isto somado às mãos dos meus irmãos em Cristo, tem um poder transformador, então eu vou lá e faço a minha parte, divulgo, encorajo... mas não adianta. As pessoas não querem lutar.
Fico imaginando se a ditadura fosse hoje. Eu certamente estaria num porão infecto sofrendo todo o tipo de abusos e muitos de meus colegas muito provavelmente estariam acuados em casa, vendo TV de braços cruzados. Muito provavelmente eu seria Chico Buarque, que até de nome mudou para continuar vivendo de sua música!

Mas voltando ao metro. Eu sei que deveria ter feito esse post na segunda, no calor da emoção, só que não deu.
Tudo começou na semana passada, quando circulou um email de uma usuária do metrô Rio indignada com o tratamento que vem recebendo (e que não é só destinado a ela), de completo abuso e desrespeito, sob a justificativa do nosso governo, que arrota aos 4 cantos o belíssimo slogan "estamos trabalhando para melhor atendê-los".
Ali naquele email, ela listava inclusive o fato de eles estarem reformando os vagões para que caibam mais pessoas EM PÉ, coisa que Engraçadão já havia comentado comigo. Fora os atrasos das composições (no intervalo entre os trens) e uma série de transtornos sofridos diariamente por quem pega o metrô, sobretudo para Zona Norte, que se assemelha ao inferno na Terra.

Pois bem, o email fez barulho. Nos incitava a boicotar o metro por apenas 1 dia.
Segunda feira, 30 de novembro.
Claro, repassei, twittei inclusive.
Aliás, quem me segue no twitter sabe q eu faço isso quase diariamente.
Sempre posto sobre o metrô quando estou vindo trabalhar e ali eu relato o tratamento destinado àqueles que pagam. Mas nem que fosse de graça... eles têm o dever de nos respeitar, já que são prestadores de serviço. Eles tinham mais é que lamber nosso sapato, não importa se viemos da ou vamos pra Zona Sul.
Daí que tudo que cai no twitter faz barulho né?!
Saiu notinha inclusive (e quem diria) no Jornal O Bobo! Essa nota dava conta de que até o sindicato dos metroviárias simpatizava com o boicote, já que também são usuários. E iam além! Denunciavam o sofrimento dos condutores que não têm ar condicionado e pilotam a bagaça direto do caldeirão do capeta.

OK. Não sou ingênua ao ponto de sonhar que a grande maioria fosse aderir.
Mas fiquei puta com o descaso de pessoas que fazem uso o ano inteiro, que reclamam o ano inteiro e que na hora H, esqueceram ou mesmo alegaram: "Aaah não! Vim de metrô mesmo!" pra depois me lançar aquele olhar de ENGRAÇADINHA É CHATA.

Cara, é muito triste ver que ninguém quer porra nenhuma. Está cada um vivendo na sua própria matrix, sob o pretexto da falta de tempo, da rotina puxada e de problemas demais.
Aí vão de um extremo a outro, quando resolvem protestar a exemplo do que aconteceu com os trens. Aquele vexame, aquele quebra-quebra ridículo que só prejudica à população.
O boicote de segunda, não fez nem cosquinha no metro.
Aliás, eles já devem estar convencidos de que podem nos apertar mais um pouquinho, nós os otários, porque é exatamente essa a mensagem que estamos passando.

Aí vou mais além.
Em Brasília (é... tinha que sobrar pra Brasília), tem gente do DEMOCRATAS (nomezinho ridículo e soberbo) enfiando maço de dinheiro até no cu. E a bancada que deveria denunciar, ou quem sabe da podridão, apareceu hoje no BOM DIA [losers] BRASIL (aquele jornal matutino que passa logo depois do Bom Dia Rio [de acomodados]) um ilustre deputado dizendo:

ILUSTRE DEPUTADO DIZENDO - Faltou coragem!

Pois sim.
Faltou coragem porque muito provavelmente, toda a bancada dos Democratas deve estar com o rabo preso, enfiados na nojeira até o pescoço.

E vcs meus queridos 5's leitores devem estar me perguntando qual a relação do metro com Brasília.
Comodismo.
Brasileiro tem preguiça de pensar, brasileiro tem preguiça de exigir seus direitos, brasileiro é adepto do FARINHA POUCA MEU PIRÃO PRIMEIRO e isso se reflete no Senado, brasileiro pensa que é vida é um seriado e que o que acontece lá faro não vai afetá-lo até o problema acontecer consigo ou ferir alguém próximo. Brasileiro é egoísta e ignorante.

Mas não adianta.
Eu vou continuar fazendo a minha parte.
Mesmo sob a alcunha de chata, xexelenta, feia e boba!

terça-feira, dezembro 01, 2009

EU NO TIGRE

Meus queridos 5's leitores, aí vai um aviso importante:

Hoje eu estou no Tigre de Muleta.

Bem aqui http://www.tigredemuleta.net/

Bj na bunda!

domingo, novembro 29, 2009

MEU SEGREDO

TOCAÊ PRA COMEÇAR!



Vou contar um segredo, mas só porque está finalizado tá?
Bem, no auge do desespero ao me descobrir mãe de novo, na época muito a contragosto, fiquei pensando incessantemente numa solução pra me tirar do atoleiro.
Pensei, pensei, pensei e nada vinha.

As coisas aconteceram até de um modo meio estranho.
Primeiro porque comecei a pensar muito na minha Vó Lourdes q se foi e ela é minha referência de mãe, segundo porque estranhamente depois do susto me veio uma paz absurda e por fim uma certeza de q ela está me confortando.

Aí nasceu:


Tive a brilhante idéia de escrever um livro!

Um belo dia acordei com essa idéia do nada. Isso só pode ser coisa da minha avó...
Eu escrevo desde os 7 anos. Tudo bem, q com as mudanças, mamãe Engraçada jogou aquela porcariada toda fora sem ao menos ler o q sua filha prodígio aprontava. Então de uns 13 anos até 5 anos atrás, eu fiquei sem exercitar esse prazer.
Só quando vi de perto o que era um blog, pelas mãos milagrosas de Miss Moura e Lady Metal é que tive a idéia de começar um, para exercitar esse meu lado cheio de teias novamente.

A idéia sempre foi juntar as besteiras que eu falava pra transformar em livro no final, mas quando veio a gravidez de Feijão, eu resolvi compilar os textos que falam desse assunto, mas não de uma maneira cor de rosa, como se costuma ver nas livrarias, mas de uma maneira com tendências homicidas mesmo. Bem do meu jeitinho!
Resolvi pegar todos os palavrões, os sarcasmos, vômitos, reclamações e afins, num livro chamado: Engraçadinha em: Gravidez - Crônica.

Meu sonho dourado é que o lançamento ocorra já no próximo mês. Mas vcs sabem q nada é tão simples assim.
Primeiro porque quero fazer um bicho sério. Tipo... com selo disso e daquilo, quero uma orelha escrita por alguém do meio jornalístico e esse alguém tem de lê-lo pra botar seu nomezinho lá... e esse alguém também tem vida própria, casa, família, restaurante pra tocar entre outras coisas..., dependo do local pra fazer a noite de autógrafos (essa parte nem é tão difícil, mas como uma coisa depende da outra...); tem minha amiga-chaveirinho Dani que fez a edição e sem ela... erros e mais erros de gramática.
Infelizmente como uma coisa puxa a outra, eu não sei se conseguirei lançar este ano ainda.


Poxa... queria tanto botar a mão no 13º salário alheio...
Mesmo se não der, não tem problema. O livro está pronto, as capas que recebi de uns publicitários caridosos (por causa dela) uma mais linda que a outra estão me deixando em dúvida, mas é menos um problema, a orelha vai sair e vamos ver se tudo fica pronto a tempo. Se não ficar, de Janeiro de 2010 não passa!

Meus querido's 5's leitores serão todos convidados e até os de outro estado. Mesmo que não dê pra vir ao evento, dá pra adquirir online o livro, pois será feito sob demanda.

Nem preciso dizer que estou virando purpurina de felicidade né?
Agora sim... estou me tornando vilã completa! Huahuahuahauhauauha!

Bj na bunda.

sexta-feira, novembro 20, 2009

Vá Para A Luz Karolaine

Depois de ficar alguns meses fugindo da luz como o diabo foge da cruz, levantei, sacudi a poeira e dei uma volta na pracinha Xavier de Brito.
É que Engraçadão levaria Amélie Poulin, nossa gata para vacinar na Suípa e eu estou terminantemente proibida de entar lá, sob o risco de pegar alguma grugunhanha.
Pacotinho seu fiel escudeiro além de filho, acompanharia. Já o Sr. Cabeça de Bolinha ficaria comigo, porque cuidar de 2 mais uma gata, é tarefa por demais árdua para Engraçadão.

Lá fui eu à pracinha.
Toda feliz e pimpona, um calor do caralho, vesti meus óculos que me deixam com cara de rica e famosa, meu vestidão preto, sandália rasteirinha e avante avancei.

A felicidade foi geral!
As pessoas da pracinha já sabiam q eu iria, então já estavam comemorando minha chegada.
Uma felicidade tomou conta do povo, de maneira q eles resolveram contratar uma bateria não sei de onde só para me homenagear. Foi um espetáculo!
Fiquei realmente emocionada, afinal, tinha uns 3 meses q eu praticamente não via a luz do sol.

Tive que fazer um registro, porque esse carinho todo tinha que ficar guardado de alguma maneira, não é mesmo?


video
Justificar
Depois das homenagens prestadas, eu segui meu caminho e tirei o Sr. Cabeça de Bolinha do sol, porque ele estava agoniado dentro daquele carrinho.

Tirei a camisa dele, enchi o rabitcho dele de água e o deixei brincando na areia com suas coisas.
Não sei se vcs meus queridos 5's leitores sabem, mas Cabeça de Bolinha é individualista e vira uma verdadeira fera quando as pessoas se metem aonde não são chamadas. Ele tem um espírito de velhinho dentro daquele corpo de 2 anos e 4 meses.
De modo, que apareceu uma guriazinha daquelas q não falam quase nada apesar do tamanho e entrou numa de tomar a pázinha da mão dele. Eu e Sr. Cabeça de Bolinha quase dando uma porrada na menina enquanto sua mãe cagava e andava pra nós a alguns metros de distância.

Mas sabe como é sexto sentido de mãe né. Na iminência de Kbça de Bolinha sentar a mão na garota com o aval da mãe dele (eu), a outra apareceu. Pediu desculpas, bancando a pheena e tirou a pázinha da mão da garota.
Juro, se ele não estivesse brincando, eu diria pra ele dividir, mas não era o caso. A garota pegou na mão grande e não queria devolver.


O tempo fechou, eu lendo minha Marie Claire e o gostoso brincando, quando de repente volta a garota cheia de brinquedo e resolve ficar por perto. Claro, eu esbravejei por dentro. Não tenho o menor saco pra criança de pracinha, salvo meus filhos q são todos autistas e não incomodam ninguém!
A guria achou uma poça de lama e começou a espalhar lama pra todos os lados, inclusive em mim. Ah maluco... comecei a dar esporro nela, como se fosse sua própria mãe, já q a mãe dela estava ainda obrando pra nós (seu passatempo favorito). Não sei se a vaca ouviu, mas resolveu levantar o rabão pesado do banco e tirar a garota de lá.

Avisei mesmo q a porquinha da filha dela estava tacando lama na gente, além de se cagar toda também.

Finalmente trovejou!
Adoro quando ameaça chuva na pracinha! As mães todas saem correndo como se fosse chuva ácida e eu fico lá com meus guris até a dita começar a cair, depois volto lentamente e toda ensopada com eles vibrando de alegria.
Adoramos tomar banho de chuva e nesse dia foi assim.
E com final feliz.

sexta-feira, novembro 13, 2009

QUER SABER?

Meus queridos 5's leitores, não interpretem esse post como um post
mal-humorado.
Não é isso!
Mas a realidade dos fatos me leva a admitir: Quer saber? Tô cagando!
Tô cagando se quando eu chegar na próxima consulta do meu
superginecologista, ele disser que eu engordei 10Kg em um mês!
Eu estou cansada de verdade! Meus 37 anos estão pesando nas minhas costas,
então eu decidi que vou fazer quase só o que me dá prazer.
Vou comer o que eu estou com vontade de comer, nem que daqui há alguns
anos, eu tenha que encher o cu de anfetamina (de novo) e diga que sentir
fome não é algo natural!
Eu concordo comigo quando estou magra: Cruz em credo, pé de pato, mangalô 3
vezes! Sentir fome definitivamente não é natural!
Só que eu estou esperando um Feijão agora. Portanto vou pensar de acordo
com o que ele e meu estômago prezam!
Por isso, neste exato momento, estou enchendo o rabo de azeitonas pretas.
Daquelas graudas, sabe?!
Estava eu no mercadinho que fica anexo ao meu tronco comprando aquele
queijo minas Madre Deus que eu a-mo, quando me deparei com elas:
AZEITONAS ME CHAMANDO - Veeeeeeem Engraçadinha, veeeeeeem!
Bem, eu fui.
Alguém disse:
ALGUÉM DIZENDO - Cruuuuuzes Engraçadinha! Mas é muito saaal!
EU - Aaaah! Quer saber? Tô cagando! Eu quero comer azeitona, então eu vou
comer azeitona.
Muito bom né?!

segunda-feira, novembro 09, 2009

I SUPPOSED TO BE HAPPY

Bom, serei bem econômica nas palavras.
Hoje é meu aniversário e eu estou mais apática do que nunca.
Não consigo enxergar meu futuro... espero que seja de sucesso, mas não faço
idéia de onde ele virá.
Espero sinceramente dar conta, mesmo com as limitações que tenho.
Espero ser compreendida principalmente dentro de casa. Às vezes, quem está
do lado de fora do meu corpo, não faz idéia do que eu sinto.
Outras vezes, pessoas que não convivem comigo e não têm o fardo de me
aguentar, não me esquecem.
Hoje eu cheguei no trabalho e tinham cartazes espalhados.
Achei lindo.
Não quero presentes sabe? Muito menos festa. Não estou para festas. Mas
queria ao menos o abraços dos que convivo.
Só que eles esqueceram completamente.
Só os meus amigos íntimos lembraram
Só minha família do trabalho lembrou.
Minha família de casa esqueceu totalmente.
Então, é como se meu aniversário não fosse.
É como se fosse só uma segunda feira como outra qualquer.

sexta-feira, novembro 06, 2009

É QUE EU ACABEI DE IR LÁ E...

Numa sexta feira ensolarada como essa do Rio de Janeiro, eu trago um
assunto totalmente relevante, inusitado e por que não surpreendente?
Me ocorreu, e olha que não é de hoje que essa pergunta paira no ar,
porqueraios os cocôs fedem?
Pensa bem!
Somos pessoas tão distintas, muitos de nós sábios, empoados, às vezes tão
lindos ou influentes e ainda sim, nosso cocô fede.
Não importa aonde moramos. Se somos da Zona Sul ou da baixanda, passando
pela favela, o cocô fede!
E o cocô alheio é ainda pior que o nosso!
Veja só o exemplo da Luana Piovanni, que tem mais de 30 anos e ainda
conserva aquele corpão de dar inveja e que mora logo ali no cu do Leblon,
quando senta o rabitcho na privada, obra e sai fedido.
É por isso que não entendo aquele nariz empinado que ela carrega. Mas Luana
é paulista, não conta!
Imagine você Angeline Jolie com aquela filharada?! E o maridão? Brad Pitt
que passou dos 40, mas que ainda atrai olhares femininos e masculinos de
admiração?!
Quando vão obrar, vocês pensam que aquilo ali não fede? Não importa. Fede
sim e nem pense em pagar pra ver, porque não vai sair com cheiro de flores.
Não importa mesmo! Na doença ou na cagança somos todos iguais.
Eu desenterrei esse assunto, porque onde eu trabalho, é aquele tipo de
banheiro com três cabines e sabe como é banheiro feminino né?! Mulher entra
em dupla e muitas vezes já entra falando apressadamente e se depara com
aquele cheirinho de vala exalando o recinto.
Outro dia aconteceu assim comigo.
Estava eu confortavelmente sentada, lendo meu Oscar Wilde (Aliás, ô
autorzinho chato do caralho! Como embroma...) e obrando, claro. Entram duas
meninas falando pelos cotovelos animadamente, quando uma delas para e
solta:
UMA DELAS - Caramba!! Que cheiro de vala!
EU - Oi gente! Muito prazer, a vala sou eu!
Bem, eu as conhecia, por isso não me fingi de morta. Mas via de regra,
ficaria sentava imóvel sem respirar, fingindo que não estava ali e que
aquele cheiro não era meu, até que elas saíssem sufocadas do recinto.
Odeio cagar em público! O-dei-o!
Não sei se é por conta da minha eterna prisão de ventre, mas sempre foi uma
tortura pra mim.
Agora que meu intestino milagrosamente regularizou, eu tenho ido ao
banheiro do trabalho mesmo. Não vou prender cocô. Quem faz isso é gente
amarga e mal resolvida.
Eu não! Aproveito a oportunidade!
É claro que não estava com cheiro de vala. A menina depois corrigiu que é
problema do cimento que circunda o vaso sanitário, que está saindo e quando
isso acontece fica com cheiro de vala.
Eu não ficaria realmente magoada se ela dissesse que meu cocô cheira a
vala. Eu não sei que cheiro o dela tem, mas sinceramente não é de jasmim!
Isso é o de menos.
Desagradável mesmo, é compartilhar a toillete com outras pessoas,
justamente no momento em que vc está obrando. Disso eu tenho verdadeiro
horror!
Assim como tenho a noção de que o cocô do outro é sempre mais fedido, não
gosto de passar a sensação pra quem entra desavisadamente no banheiro
quando estou lá.
Bom, terei de esperar meu relógio intestinal mudar pra noite, quando terei
a liberdade de fazê-lo no conforto do meu lar!
É uma pena.
É tudo alimento processado! Não passa disso. Deve ter um ou outro elemento
químico ou bactéria que dá esse futum no resultado final, mas que é uma
sacanagem é! Eu devo ter aprendido isso lá pela sétima série quando
estudava o corpo humano, mas sinceramente esqueci o por quê!
Promento que quando eu morrer, farei um bem a humanidade. Falarei com os
espíritos que são responsáveis pela nossa morfologia e juro, vou reclamar
esse detalhe que faria total diferença.
Isso aproximaria os casais em tempos de rotina. Enquanto um cagava, o outro
escovaria os dentes e tudo que se sentiria, seria um cheiro de rosas
exalando do cu.
Não haveriam discussões desnecessárias, quando fosse pra baixo do edredon e
o outro soltasse inadvertidamente, um peido desavisado.
Tentativas de assassinato escabrosas dentro do carro ou no elevador seriam
evitadas! E no metrô então? Pensem que maravilha. Seria menos um ítem para
entrar na lista que desgasta um casamento! Menos um motivo de pancadaria
generalizada na gordinha de mão amarela que não estava sentindo nada no
metrô!
Siiim, eu farei isso tão logo desencarne.
Imaginem vocês o que eu passo diariamente com meu olfato canino, onde até
os banheiros mais perfumados têm cheiro insuportável. Tudo por conta da
gravidez.
O banheiro lá de casa, nem no dia de faxina escapa! Eu sinto cheiros além
das paredes. Não é justo não é mesmo?! Não. Não é.
Então está combinado!
É meus queridos 5's leitores, como vocês podem perceber, hoje eu não tinha
merda nenhuma pra dizer!

quinta-feira, outubro 29, 2009

ANTES DE PÊ & BÊ VEM O M!

Sim, eu precisava verdadeiramente de um título pra esse post.
Depois de quase 15 dias de sumiço, o mínimo que eu precisava era de um título.

O título se deveu ao fato d'eu me olhar no espelho e constatar que Feijão está crescendo no meu estômago.
Imaginem isso, meus queridos 1,5's leitores!
Você vai pro banheiro, urina, limpa a perseguida que está gorda - Ninguém te contou? Sua xereca fica gorda quando vc está grávida - sai pra lavar as mãos e ao se examinar de ladinho-q-a-gente-gosta, se depara com um estômago grávido!
Como pode ser isso?
Elementar meu caro Greidsson! Se vc fez uma abdominoplastia seguida de lipo; e seu estômago não foi lipoaspirado, natural q seu feto não tenha muito espaço pra crescer na barriga. Daí , ele escorrega pro estômago.
Meu estômago está uma bola, minha barriga lisa e eu de lado pareço um !

Aposto que tudo faz sentido agora.

Fiquei fora do ar sim e o post de hoje, não significa uma volta.
Minha inspiração foi junto pro caralho e hoje me sinto um pouco mais animadinha!

Ah! Escrevi um post moribundo no mulheres essa semana, então quem quiser cortar os pulsos, vai lá no link CASA DE PRAIA e procura na terça feira!

Como vcs podem observar, ou não, eu continuo escrotinha, sem assunto e sem graça, apesar do nick.
Voltei pro tronco essa semana e aqui tudo está na mesma. Eu continuo competente, desanimada e muda. Se falar muito, começo a salivar e dá vontade de vomitar.
Como vcs podem ver, não nada pra acrescentar e se vcs quiserem atestar meu mau humor de gravidez, basta ler o q eu dizia há 2 anos atrás pra constatar q nada mudou!
Oh sim! Estou mais velha do q 2 anos antes e não quero saber de homem.

Engraçadão coitado, anda se fodendo mais do q nunca, mas não da maneira q gostaria.
Ele cuida sozinho das crianças dia e noite e ainda cuida de mim.
Ninguém cuida dele!

Vejam o q acontece com ele quando tenta fazer-me um elogio:

ENGRAÇADÃO - Nuooosa mulé! Vc tá linda (detalhe: Eu estava pelada).
EU - Não. É vc q está na seca!
ENGRAÇADÃO - Cruzes mulé!! Agora não posso nem fazer um elogio?!
EU - Obrigada! Mas não é isso. Eu não estou me sentindo linda, eu não estou linda e vc está na seca!

Fim do diálogo!

Como vcs podem notar, meus queridos 2's leitores, viver comigo e grávida do 3º filho, sem foder, cuidando da casa e das crianças sozinho, não é tarefa das mais fáceis.

Bj na bunda e até a próxima!!

Ah! Aguardem campanha do Colplay! Dessa vez em dose dupla e whisky a R$ 1,00!!

quinta-feira, outubro 15, 2009

CALMA MACACADA!

Calma macacada!
Eu voltei!
Só fui até ali vomitar um pouco, ficar acamada, dopada de remédios pra
segurar a comida no estômago, pra parar de babar que nem um cão sarnento...
essas coisas. Nada demais.

Quem me acompanha que nem novela já viu esse filme há dois anos atrás e
deve estar careca de saber que no início da gravidez, meu corpo combate o
"inimigo" com todas as suas forças possíveis e imagináveis!

Eu não aguento sabe?!
Queria ser uma daquelas grávidas fodonas que sustentam o barrigão até o
fim, impassíveis, senhoras de si e do seu bebê. Mas não. Sou fraca,
anêmica, a pressão é baixa, a coluna é torta e tudo me enjoa.

Agora q esse Feijão já deve ter feito 2 meses, está começando a trégua.
Já não salivo tanto, já não enjôo tanto e estou há + de 48h sem vomitar. Se
bem q hoje estou mais enjoadinha que ontem. Uma lástima.

Lá em casa está tudo bem.
Como eu não disse no último post, Pacotinho fez 7 anos dia 2 de outubro.
Seu presente foi sua primeira ida a um parque aquático. Foi a primeira vez
q eu coloquei um biquíni depois da cirurgia e ao q parece, a última por não
sei quanto tempo!
Eu ainda não estava em crise quando estivemos lá.

Parque aquático no Rio de Janeiro é sinônimo de gente feia, esquisita e
cheia de celulite.
Os gráubi, as Creide, as Istéfanis Cristinas estão todas lá. Tem q abstrair
mesmo.
Eu troquei um dia a mais com Feijão nas férias para dar lugar a 1 dia com
Pacotinho numa sexta feira. De maneira que o visu do parque não foi tão
aterrorizante assim.
Dona Dani como bom chaveirinho também nos acompanhou. Foi uma bênção aliás!
Porque se eu passasse mal, ela estaria lá pra zoar com meu Pacote.
Felizmente eu tomei remédio pra má digestão e agüentei bem.

Mal sabia eu, que Dona Dani era uma covarde de marca maior, então graças a
mim e a Pacotinho, ela andou em brinquedos que jamais ousaria sozinha.
Teve o corta xereca ou péla saco (versão masculina) que consiste num
toboágua inocente que ao chegar lá embaixo, a pressão da água é tão grande,
que o biquíni entra todo na sua buça ou saco.
Outro brinquedo q me aventurei, mesmo debaixo dos apelos de Dani pra não
ir, foi um tubo tapado. Pois é... eu sempre fui abusada, pra minha própria
danação!
Fui no tal do tubo fechado, q nem era tão alto, mas a merda, é q o fluxo de
água, faz vc disparar e desce tão rápido, mas tão rápido, q ao final, vêm
respingos de água direto no teu nariz e tua mão tem q ficar embaixo da
nuca. Tu não sabe se tapa o nariz, se fecha o olho, se obedece às regras ou
se simplesmente se amaldiçoa por ter tido essa idéia infeliz!
Por fim, eu já devia estar próxima dos 80Km/h, com um mínimo desnível no
tubo, ainda bati com a cabeça e ao cair na piscina, me senti a mais imbecil
das criaturas.

Aí vem a consiência gritar no teu ouvido:

CONSCIÊNCIA GRITANDO – Ô sua piranha! Esqueceu q tu tá grávida???

Pois é... minha consciência é tão desbocada quanto eu!

Depois da lição aprendida, fiquei no sapatinho e me comportei como boa
menina que sou. Fomos aos brinquedos convencionais, evitei o Rio Selvagem q
é o toboágua mais alto do parque e tubo fechado aprendi, nem fodendo daqui
pra frente! Aquele outro toboágua que vc cai em pé e seu corpo descola do
brinquedo na vertical, q eu tive a infelicidade de ir uma vez, dessa vez
nem cheguei perto. A Dani quase cagou na calça de medo só de ver os outros
descendo, muito provalvemente por engano.

Pacotinho confessou que foi o melhor dia de sua vida até aquela data e
ficou tão feliz, mas tão feliz, que pediu até pra falar palavrão!
Eu deixei, porque afinal, era aniversário dele e nem foi tão cabeludo
quanto os q eu falo!
É um bom menino!

Aí no domingo em seguida, começou meu calvário.
Feijão resolveu se vingar do tubo e tudo q eu digeria, voltava!
Fiquei 1 semana fora do ar. Meu superginecologista me passou aquele
remedinho que me deixa dopada e me impede de vomitar. Ainda sim, eu furava
o bloqueio algumas vezes.

Larguei blogs, larguei twitter, larguei facebook e tomei nojo de Ikariam!
Pasmem.

Ah! Antes desse evento, teve o churrasco da Dani em Campo Grande que está
rendendo posts no Mulheres e no Nhá (gente, tô no tronco, procurem os links nos meus blogs amigos à direita).

Claro, eu vou fazer minha versão, porque afinal, foi a primeira vez que
todas as 4 Mulheres a la Carte cariocas se encontraram, todas juntas e
misturadas realmente.

Beeem, meus queridos 5's leitores, vou parando por aqui, porque o dever me
chama.
Eu poderia estar roubando, poderia estar matando, poderia estar inclusive
trabalhando, mas nãããão fico aqui enrolando e isso não é digno!

Bj na bunda!

quarta-feira, setembro 30, 2009

30 de Setembro - Dia de tanta coisa

Hoje é um dia repleto eu diria.
Dia em que conheci Engraçadão e o fisguei, dia da Secretária, dia do
aniversário da Dani (http://dani-antunes.blogspot.com)...

Estávamos planejando tanta coisa, mas com a chegada de Feijão, sabe como é
né?! A gente tem q segurar o orçamento, não gastar e uma saída minha com
Engraçadão requer contratação de babá.
Daí que ele hoje vai comemorar com o Futebolzinho amigo.
E isso é muuuuito legal! Eu vou sair do tronco e buscar os meninos no
futebol e ficar me lembrando da escolha acertada que eu fiz há 15 anos
atrás SOZINHA!

Aliás meus queridos 5's leitores, o nome disso é casamento!
Se eu trocaria? Claro que não!
Se eu posso aguardar mais 10 anos e comemorar aos 25 anos de união, pra quê
comemorar os 15 não é mesmo?!

Muitos de vcs podem pensar que esse veneno grosso escorrendo no canto da
minha boca é raiva, desgosto, mas sinceramente não é não!
Eu amo meu marido.
E eu gosto que ele tenha uma atividade só dele. Q ele curta uma pelada,
desde q ela não tenha uma xereca no meio das pernas ou pelo menos q eu não
saiba. Porque já dizia minha sábia vovó:
O que os olhos não vêem... COMPLETE A FRASE VCS!

Amo tanto Engraçadão, que se um dia a gente se separasse, eu não casaria
nunca mais.
Marido a gente tem um só. O resto é amante, namorado ou peguete!
Brincadeiraaaaa! (prezo muito meus dentes!)

15 anos... nunca pensei que chegaria tão longe com ele.
Fofoquinha básica: Ele demorou a descobrir que me amava. Demorou a saber o
q queria. Foram quase 7 anos até a gente decidir morar junto.
Só q eu e Engraçadão, a gente se completa demais!
Por exemplo, quando Sr. Cabeça de Bolinha chora de madrugada, é ele quem
levanta!
Se Pacotinho faz xixi na cama eventualmente, é ele quem levanta!
Se eu sinto sede no meio da noite, é ele q levanta!
Agora, se eu sinto vontade de fazer xixi, sou eu quem levanto. Claro.

Engraçadão me entende.
Quando soube da gravidez, ele prometeu que cuidaria de todos nós.
Acho q ele vai vender o corpo, mas... tipo... acho q eu não vou deixar.

Pensando bem, posso alugar o piru do Engraçadão pras mulheres q não
conseguem engravidar. Mas não vale cobrar pensão.
Ele nem precisa gozar dentro, olha q maravilha!!

Piadas ridículas a parte e muito sem graças por sinal... eu amo ele demais.
Do meu jeito escroto, eu admito. Muitas vezes, do meu jeito enjoado e
distante. Mas eu amo.
Se ele me deixasse, eu tenho certeza q me sentiria perdida e amputada.
Ele é meu tudo.
Engraçadão é tudo na minha vida e eu só sou um ser humano melhor, porque
ele me ajudou a ser assim.
Ele cuida muito mais de mim, do q eu dele. Confesso, dei muito nessa
relação de 15 anos.
Aliás, eu vendi um ótimo produto antes do casamento, claro!! Mulher é foda
bicho! Trepava até na rua e quando não trepava pagava um ball cat...
enfim...
Hoje, acho q estamos equilibrados, mas o q nos une, é o nosso amor, nossa
amizade e o q construímos juntos.

Eu tenho certeza que vou comemorar os 25 anos.

MUDANDO DE ALHOS PRACARALHOS#1

Bem, a galera do departamento em q sou secretina, esperou eu ir pruma
palestra em homenagem ao dia da secretária e me pegou pelo pé na volta.
Me presentearam com um puta kit da DUCHA (http://www.duchacosmeticos.com.br
) e fizeram um cartãozinho lindo desejando coisas boas.
Fiquei como né?
Com cara de bunda, óbvio! Se eu fosse branca, seria um tomatinho.
Ai... sou péssima pra receber coisas, sou boa mesmo é de dar! Eles riram
quando eu disse isso, mas me sinto encolhendo q nem uma ervilha quando isso
acontece.
Tudo super cheiroso e gostoso, fiquei tomatinho de alegria.
Detalhe: Do ano passado ainda não acabou! Yeeesss!

MUDANDO DE ALHOS PRACARALHOS#2

Ano passado, o aniversário de Dani Antunes -
http://dani-antunes.blogspot.com - passou em brancas nuvens!
Ela acabava de perder a sobrinha ou sobrinho que estaria por nascer. Foi um
balde de água fria em plena véspera de seu aniversário.
Tanto q eu só soube do dela ao comentar sobre o de Pacotinho que é agora
dia 02.
Mas esse ano, eu me programei.
Bom, não comprei presente nenhum pra Dani q é minha amiga chaveirinho de
todas as horas.

A Dani é muito querida sabe?
Às vezes eu fico pensando o q q eu fiz pra merecer tamanha amiga, com tanto
carinho e lealdade.
Às vezes eu fico pensando, q eu não retribuo nem metade do q ela me dá. Eu
sou sempre tão ocupada, tão esquizofrênica e muitas vezes não ligo, ou não
quero falar pq tô enjoada. E muitas vezes o amor dela é tão explícito e eu
me pergunto: What a f...?
E isso fica ecoando na minha cabeça. Não só ela, mas as meninas do Mulheres
são muito assim.
Isso de certa maneira me choca, porque eu não me vejo dando quase nada do q
eu poderia. Depois q os meninos nasceram eu me fechei muito, perto do q eu
era.
Ou será q eu me dei demais pras pessoas erradas?
Tudo bem, q eu levo a Dani pra minha casa, tranco a porta e tiro a chave; E
também qual é a graça de passar o fim de semana num apartamento com duas
crianças levadas, uma mãe louca e um pai de família muitas vezes ciumento e
sizudo... ?

Poxa, Danizinha só tem 23 anos!
Devia estar saindo, beijando muuuito, dando. Dando nããão! Distribuindo!
Tomando porres, vomitando por aí, fazendo história e arquivando pra contar
pros netos.
Mas lendo tudo isso agora, eu penso q não seria Dani.

Bom, o que eu desejo muito a ela nesse dia, é que ela seja feliz demais!
E fim.

segunda-feira, setembro 28, 2009

PERIGO! MANTENHA A DISTÂNCIA

A essa altura do campeonato, tudo que eu não esperava era ser mãe de novo!
Estou sendo sincera. Absolutamente sincera.
Eu não fui daquelas meninas santinhas casadoiras, mas do meu grupo de amigas, fui a primeira a juntar os paninhos de bunda.
Nunca fui do tipo maternal, mas desse mesmo grupo, fui a primeira a ter filho. Depois outro filho... e agora, mais outro filho.

Esse outro filho ainda está ecoando aqui dentro do meu cérebro.
Tipo... hallooou?! Eu acabei de fazer uma plástica! Vai arrebentar tudo.
Claro, não posso ficar pensando nisso, nem me apegar ao que pode não dar certo pra mim. Em todo caso, quando se tem uma notícia dessas, observar os obstáculos antes de sair pulando de felicidade, é a primeira reação q se tem.

Então vamos a eles:
1- Estou pagando uma uma cirurgia plástica em 24x que mesmo depois que meu terceiro filho nascer, eu ainda estarei pagando, porém o resultado estético será de perda total;

2- Ainda não botei aquele biquini quase pelada que tanto sonhei;

3- Pode ser que seja menina dessa vez, pois eu já tenho 2 meninos;

4- Como Murphy não dorme, terei de fazer um novo enxoval caso seja menina;

5- Meu apartamento só tem 2 quartos e 1 deles já é ocupado por 2 meninos;

6- Estou totalmente sem tesão e muuuito enjoada;

7- Meu senso de humor foi pro caralho e eu não estou com vontade de falar com ninguém sobre nada. Digitar ainda é um bom negócio, mas a minha vontade é de ficar muda e invisível até meu enjôo passar!

KEEP DISTANCE!

Depois dos obstáculos pulados e vomitados devidamente, vamos as partes boas!

1- Apesar dos anjos serem uns sacanas e fazerem umas brincadeiras de mau gosto que só eles entendem, sei que essa criança será muito amada;

2- Essa criança já está sendo amada lá em casa e Pacotinho me fez chorar ao falar com aqueles olhões lindos: Mãããe e dessa vez eu nem pediii!;

3- Pacotinho já sabe q foi papai que botou a sementinha aqui dentro. Então, será menos uma conversa sobre sexo q terei;

4- Estão todos felizes e apesar de ter vomitado algumas vezes nesse fim de semana, percebi que até Cabeça de Bolinha está mais comportado. Agora, quando eu brigo com ele, ele pede colo pro irmão e diz: Pesaaado, pesaaaaado! (se referindo ao próprio peso);

5- Pacotinho vai poder pegar o bebê no colo, mais do que da outra vez! Agora ele aguenta;

6- Se eu não me mudar prum apartamento maior, vou empilhar os meninos - Palavras de Engraçadão;

7- Se for menina, finalmente será Lourdes e se for menino, Arthur. Chega de nome composto que na hora da briga, o que sai não dá nem pra repetir!

8- Finalmente eu me tornarei uma garota de programa, Engraçadão michê e os meninos venderão limão no sinal em frente ao mercadinho;

9- A família continuará mais esquizofrênica do que nunca, no entanto mais feliz. Já dizia minha Vó Lourdes, que Deus a tenha: Onde comem 4, comem 5!

10- Eu vou ligar as trompas! Engraçadão vai dar nó no pinto e nunca mais faremos sexo!

Brincadeiras à parte, eu sei que existe algum propósito nessa gravidez.
Falei errado no outro post. Eu fazia coito interrompido há quase 15 anos (completados no dia 30 de Setembro deste ano).
Quando engravidei dos meninos, NÃO FOI USANDO ESSE MÉTODO!

Então só posso concluir, que essa criança foi mandada pelo povo lá de cima que precisava urgentemente da minha ajuda e como eu não sou de fugir do bom combate (ao menos não dormindo!), na hora daquela reunião no astral, eu devo ter levantado os dois braços gritando: EU, EU, EU! ME ESCOLHE, ME ESCOLHE!

Louca eu? Muito provavelmente.
Por isso meus queridos ... leitores, peço que se me encontrarem no astral, em alguma reunião dessas, façam-me um favor: me amarrem, me amordaçem e me dê um mata-leão para evitar qualquer tipo de surpresa.

Até lá, ficarei calada até o enjôo passar!

Bj na bunda!

quarta-feira, setembro 23, 2009

E DEUS SALVE A RAINHA!

Inacreditável!

Estou cá eu falando diretamente do tronco, já imaginando que ao postar via email, eu teria de à noite, necessáriamente ligar meu notebook pra editar e tirar aquele aviso de email que fica embaixo, quando eis q ao acessar a página do blog (sim, do tronco se acessa a página do blog) aparece aquele lápisinho que é de edição.
Não faz mal clicar em cima, não é mesmo?! Já q nada pode acontecer e vai aparecer aquela página dizendo que o acesso não é permitido e blá-blá-bláááááá... eeeeeee!
Vim parar diretamente na página do blogger!

Ai, isso é coisa lindia de Deus, só pode! Oh happy day!

Bom, eu não ia falar nada disso. Só estou chocada e tinha q desabafar!


AGORA É QUE COMEÇA O POST!

Tenho q admitir! Ando afastadérrima dessa bagaça.
Não ando visitando os amigos, não ando postando o que preste, nem ando ligando o computador.
E nem adianta vcs, meus queridos 2's leitores virem querer cobrir o
twitter de culpa, que isso não é justo! Quem anda por lá tá careca de saber que nem por lá eu apareço!

Os motivos são vários!
Primeiro foi Ikariam.
Eu sei, eu sei q nunca falei sobre isso por aqui, mas Ikariam foi o início do fim da minha vida blogueira. Só q agora nem de Ikariam estou dando conta.

Explico:

Ikariam vem a ser um jogo uuultra viciante, online que não precisa baixar nem nada. É só entrar, fazer um cadastro ridículo de tão rápido e já começar a jogar.
Eu estou jogando em Portugal, mas existe em outros países como Brasil e até França (essa eu descobri porque andei viciando meu Superboss também)!

Então você entra no jogo e não entende muita coisa a princípio.

Trata-se de um jogo medieval e de guerra. De início, você entra num país cheio de mato, com alguns colonos, uma câmara municipal e madeira.
Você tem a visão da ilha, do mundo onde você escolhe jogar e da sua cidade. Cada ilha, produz um tipo de riqueza (mármore, vinho, cristal e enxofre), além de madeira que é responsável por tudo que vc vier construir.
Aí vc constrói um exército, vc monta uma academia onde os cientistas irão estudar as riqueas da ilha e assim vc vai ganhando muitos recursos; vc pode construir um porto comercial, estaleiro, taberna... sua cidade vai crescendo, sua população vai aumentando e a graça do jogo é vc ver sua cidade mudar de carinha!
Quando o vício já está instalado no seu corpo, vc começa a pilhar outras cidades, vc faz aliança e no estágio de vício avançado, vc monta outras colônias (mais cidades com riquezas diferentes das suas).

Bem, não satisfeita em ter apenas uma cidade, eu fiz 3 cadastros em 2 mundos.
Um deles acabei dando pra Pacotinho, que óbvio, não sabe administrar direito, o q sobra mais jogo pra mim!
E assim eu tenho passado meus 2 últimos meses!
Por isso, eu acabei viciando outras pessoas. Confesso, eu pratico o mal!
Nunca escondi de ninguém q sou mau-caráter do olho junto!

A primeira foi Dona Dani q me ajuda muito!

Entrou pra minha aliança e quando alguma de nós está sendo atacada, rola até sms pra entrar no jogo e mover os exércitos pra salvar a outra! O babado é fortíssimo!!
Depois, algumas pessoas do twitter, Alê Barros e por fim até meu chefe que joga na França, mas fez um cadastro em Portugal só pra poder me atacar!
O puto além de não me dar aumento, ainda tenta me foder no jogo!
Brincadeira a parte do aumento Ok?! Não tenho o direito de falar mal dele.

Só que nas últimas semanas, algo em mim mudou.
Depois de sofrer um saque homérico e passar meses sem pilhar ninguém (estaria eu virando uma pessoa honesta?), me deu um desgosto do jogo... passei dias e dias sem entrar e quando entrei, tinha sido quase estuprada de tanto q me roubaram.
Roubaram todas as minhas cidades e nesta segunda feira me forcei a ligar o computador pra ver como andavam as coisas.

A verdade verdadeira, é que minha menstruação atrasou eu acho. Ainda não matei ninguém lá em casa mas...
Desde sexta feira passada quando saí pra encher o pote com uma grande amiga e com minha little sist'a, tenho sentido um enjôo terrível.
Cheguei a vomitar no domingo à noite, mas comprei um remédim pra passar e estou tomando desde então. Ele controla a sensação pós-digestão.

A pergunta q não quer calar: Ora Engraçadinha, porqueraios vc ainda não procurou um médico?
Elementar!

Eu creio em Deus, eu creio na força da Deusa, eu creio em Papai Noel e no Cuelhinho também!
Reflitam comigo: Para alguém engravidar, outro alguém tem q gozar dentro certo? Certo!
Alguém não goza dentro nunca.

Por 7 anos initerruptos, alguém me fodeu sem gozar dentro e eu só peguei Pacotinho na barriga quando resolvemos mudar a tática.

Sr. Cabeça de Bolinha também veio, quando esse mesmo alguém gozou dentro certo?
Antes disso, eu nunca jamais em tempo algum, havia engravidado. Nunca jamais em tempo algum fiz um único aborto sequer.
Então só posso concluir q o nosso melhor método contraceptivo é gozar fora!
Não se mexe em time q está ganhando.

O fato é q eu tenho 99,8% de certeza que as regras estão atrasadas e isso justificaria esse mal estar e enjôo. Só que eu não lembro que dia exatamente eu menstruei no mês passado. Isso complica muito quando meu suuupergineco vier me perguntar:


SUUUPERGINECO PERGUNTANDO - Última menstruação Engraçadinha?
EU - ...
SUUUPERGINECO GRITANDO - Última menstruação Engraçadinha?
EU - Ééééé... éééé... EU NÃO ME LEEEEMMMBROOOO! Buááááá!

Outra!
Eu conheço meu corpo.
Caso eu estivesse grávida, não estaria enjoando agora.
A gente só enjoa do 2º até o 4º mês de gestação (isso é o padrão)!


Na pior das hipóteses, não, não estaria enjoando agora e no período de atraso em q devo me encontrar, nem dá pra fazer o exame Betagácegê!

Bom, agora todos vocês já podem respirar aliviados e destrancar o cu, q se Deus quiser tudo está bem!

Eu vou deixar o meu trancado por enquanto, só por precaução Ok?

segunda-feira, setembro 21, 2009

A MELHOR NOTÍCIA!

A melhor notícia da década!

Depois de eu fazer uma comunidade tosca no orkut pedindo a volta, depois de eu chorar litros e kilos, depois de eu ameaçar vender o corpitcho pro primeiro mendigo da esquina, olha só o que aconteceu:

EI-LOS!

Ai... delírio!

quarta-feira, setembro 16, 2009

POST SOBRE MODA

Ontem eu postei aqui.
E menina(o)...? Era exatamente esse o assunto!
Vê lá depois me fala.

Bj na bunda!

quinta-feira, setembro 10, 2009

DA SÉRIE: DE CU É ROLA!



Eu bem que poderia postar no Busão hoje, mas quem disse que eu estou
disposta?

Isto aconteceu ontem e como aqui no tronco minha manhã me pegou pelo pé, só hoje estou tendo tempo de contar.

Sabe aquele dia em que tudo se encaixa?
Você acorda logo depois que o celular desperta, o que no meu caso pode ser considerado uma raridade!
Deixa tudo pronto de véspera para que seu marido leve com tranquilidade os filhos na escola, pois buscar será tarefa sua.
Sim! Hoje você vai sair no horário do trabalho e melhor: Sairá cedo.
Sim, tem um sol no horizonte. E ele brilha. E enquanto o vento bate nos seus cabelos, você sente o cheiro do seu próprio Armani perfumando o caminho por onde passa. Você é capaz de já sentir os olhares.

No caminho enquanto espera o ônibus que te levará ao metrô, escolhe as músicas que ouvirá naquele seu aparelho de mp3 recém-ganhado no concurso ambiental da empresa.
Eu escolhi o álbum The E.N.D do Black Eyed Peas porque o aparelho tem um som muito potente e mais alto que o meu celular. Então eu já queria sair de casa bombando mesmo. Dançando pela rua e cantando as letras de olhos fechados, como se estivesse no meio da pista de dança.
Isso me prepara e me desperta para o dia que está por vir. Sei lá... é como se atraísse boas energias.

Acontece que nem tudo é perfeito e vc vai pegar o Metrô Rio. Preciso falar mais alguma coisa?
Siiiim, preciso. Ne-ces-si-to!

Já descendo as escadas na estação Saens Peña - estação terminal, o desembarque é OBRIGATÓRIO! - vi que o trem que deixava o terminal saía vazio e a estação apinhada de gente.
Ok, Ok, nada será capaz de desfazer essa batida dos meus ouvidos e tirar meu bom humor! - I Wanna, I wanna rock right now! I Wanna, I wanna rock right now! I Wanna, I wanna rock riiiight noooooow! -

Chegou outro trem logo depois e aquele mar de gente tentou entrar no que já estava praticamente cheio.
Hallooouuu? O desembarque não é obrigatório? Obrigatório meu cu! Isso sim.
Mas como eu disse antes: I Wanna, I wanna rock right now...!

Estava adiantada, então não tinha necessidade de correr esbaforida atrás do carro cheio. Eu poderia tranquilamente esperar por outro. Só que nas marcas de parada do trem que ficam no chão, já tinham várias cabeças reunidas esperando pelo próximo. Liguei o foda-se e fui lá pra baixo e estacionei em uma que não tinha mais de 4 cabeças. Tudo bem q ao saltar na Glória, eu
andaria mais um pouco, no entanto, andar faz um puuta bem! I Wanna, I wanna rock right now!

Chegou o segundo carro e adivinha? Cheio outra vez.
Aquela cambada de gente ignorante que habita a linha dois, ainda sisma em voltar até a "estação terminal o desembarque é obrigatório, PORRA!" só para poder ir sentado até sua senzala diária.
Eu estava tranquilíssima, não me abalei e me preparara psicológicamente para ir em pé.

Escolhi um cantinho perto da porta, fechei meus zóinho e fui cantarolando as músicas e por que não, me sacudindo também ao som da batida.
Apesar de hoje em dia, quase 100% dos usuários de Metrô portarem um fone de ouvido, ainda vejo olhares curiosos na minha direção quando eu canto (sem fazer som) e bato cabeça, ou ainda quando bato o pézinho no chão, ou ainda o dedo no ferro de segurar, acompanhando a música.
Não entendo as pessoas que conseguem ficar imóveis ouvindo música. Eu não consigo ficar indiferente ao som. Nunca. Só quando estou lendo, mesmo assim às vezes dou uma paradinha na leitura para cantar o refrão, quando a música é muuito maneira!

Estava indo bem até a entrada do povão do Estácio.
Parecia o estouro da boiada desenfreada. É um enfrentamento quando abrem as duas portas juntas! Aquele bandibúfalo lutando pra ver quem vai cobrir a fêmea primeiro. É o q parece.
Soa até ridículo eu continuar cantando de zóinho fechado batendo cabeça né?
Se eu estivesse sentada assistindo à cena, certamente estaria me achando uma lunática metida a besta.
Só que entrar naquela energia, ficar séria reclamando do q está a minha volta também não resolve o problema e pior: É a visão do inferno! Então o q q eu fiz? Continuei exatamente onde estava, de zóinho fechado, um pouco mais contida claro, só cantarolando e batendo o pézinho discretamente.


ESTÁ NO INFERNO - METE A PORRADA NO CAPETA!

Aí chegamos ao segundo tempo deste post infeliz.
Abre a porta na Central.
Ali, o povo que vem de trem de tudo q é canto do Rio (canto, canto mesmo - menos da Zona Sul, claro!) é de uma pontualidade britânica. Eles vêem q o vagão está cheio, q não cabe mais uma viva alma, e teimam em desafiar a lei da física que já definiu muito antes de eu nascer, q é impossível dois corpos ocuparem o mesmo lugar no espaço. Quem foi o féla q disse isso?
Tudo para chegar pontualmente no trabalho!

E é nessa hora, q o povo do Estácio decide ser generoso e altruísta, tentando ceder espaço aonde não há! Cambada de imbecis.
Porra. Como vc vai educar todo um povo ignorante? Como vc faz pra mostrar pro outro q não cabe mais ninguém? Hein, hein, hein?
NÃO DEIXANDO O POVO ENTRAR ORAS!
Só q não. É muito mais fácil emprensar a minha perna até quebrá-la para o outro entrar, do que tentar impedir a outra mandada de búfalos!
Eu deixei a educação, generosidade, humildade (por que não?) de lado, gentileza então foi pro caralho! E simplesmente comecei a fazer força contra. Deixei um espaço ao lado do banco onde estava e empurrei com o quadril e a perna e a bolsa o povo que fazia força contrária. Lembrei
novamente das aulas de física, naquele ítem tração recordam?! Pois então!
Alguém tem q fazer o trabalho escroto e eu sou muito boa nisso, modéstia a parte!

Esse povo é burro demais. Coitado dos burros.
Pior ou não, eu continuava a cantar, no meio do vagão feminino que virou casa de tolerância. Uma sarrando a outra. Bandimuléfeia se esfregando em mim.
Nessa hora o DO estaria berrando SÃO VITO! SÃO VITO! SÃO VITO!
Mas eu não berro, eu twitto.
Se vcs meus 5's queridos leitores olharem prá barra à sua direita chamada TWITTADAS verá o q eu disse no meio do sarro!

Primeiro: Metrô Rio meu cu!

Uma menina com o pescoço trepado no meu braço, espichou os olhos pra ver o q eu escrevia e com cara de Aaah! Esse q é o Twitter!! Vamos ver pra quê serve!
A outra parada na minha frente vinda diretamente da Central do Brasil, me aparece com um creme de cabelo fedorento, não reconhecido pelo meu sensível nariz canino.
Aquilo não era Biorene, aquilo não era Wella, não era Kolene, quiçá L'Óreal!!
Eu não estou insinuando que as moças devem obrigatóriamente usar um creme chique nos cabelos - longe de mim! - mas aqueles q tem cheiro de cu, ou de peido, não deveriam ser vendidos, muito menos adquiridos.
Ah vc é pobre e fodida? Isso não é desculpa, querida.
Eu é que não sou obrigada a reconhecer que a sua cabeça fede a merda antes das 9h da manhã! Depois reclama q homem tá difícil no mercado!
Francamente...

Outra twittada indignada, xingando Sérgio Cabral e aquela corja de demagogos q são capazes de falar q o Metrô Rio tem lá suas deficiências, mas q estão trabalhando por melhoras.
Vão todos tomar no olho do CU e por trás mesmo!

Esses filhos da puta não andam de metrô todo dia.
Esses filhos da puta não são emprensados, nem sarrados diariamente e quando tem problema então, quase rola metástase de mim. Deles não!

Eu admito que estão sendo feitas benfeitorias, mas não vai lá na TV, na Rede Brasil como fizeram, querer minimizar um problema diante de toda uma população, que quem vê, acha q os lunáticos somos nós.
Eles deviam dar o exemplo!
Deviam pegar transporte público. Deviam sentir o cheiro da massa.
E eu te digo: A MASSA FEDE.
Fede a bafão, cecê e a creme de cabelo cabelo vagabundo.
A massa, tem cheiro de truculência e ignorância.
Infelizmente!

domingo, setembro 06, 2009

FOI APENAS UM SONHO

APERTE O PLAY E BOA VIAGEM!



Finalmente alguma coisa q presta pra dizer!
Ontem, assisti a FOI APENAS UM SONHO.
Peguei em DVD mesmo.

Li sobre esse filme em alguma revista Marie Claire da vida e fiquei interessada.
Trata-se de um filme de Sam Mendes, acho q marido da Kate Winslet que estrela o filme junto com Leonardo DiCaprio, que fez Titanic com ela.

Não saiam por aí tirando conclusões precipitadas. FOI APENAS UM SONHO é um filme adulto, que enfia o dedo no reto da sociedade americana, assim como Beleza Americana o fez. Só q Beleza Americana, também de Sam Mendes, era mais leve e desde o início se sabia q o personagem principal da trama morreria no final.



Este outro não.
Fala daquelas pessoas q quando se conhecem, fazem planos para uma vida brilhante, cheia de glória, glamour e romance; porém a chegada dos filhos traz outra realidade.
Mais uma vez, a classe média é detonada.
O casal é obrigado a pôr de lado seus sonhos de juventude em prol da criação da família q se forma.

E sabe como é americano né? Os putos são q nem coelho. Já no início do filme têm 2 filhos.
A grande questão é, quantas pessoas são capazes de levar uma vida medíocre tão distante do seu verdadeiro eu?

O casal do filme era reluzente.
Foram morar no subúrbio vindos da cidade grande, exatamente no meio daquelas pessoas apagadinhas q eles sempre condenaram e eram louros, lindos e glamourosos. Claro, despertam inveja e tornam-se referência de uma cidade inteira.

Acabam levando uma vida exatamente como daquelas pessoas de mente tacanha e medíocre.
E quando se deparam com essa realidade, as discussões acerca do relacionamento são inevitáveis.

Os barracos são homéricos e é aí q vc se identifica e é convidado a repensar sua vida.
Será q eu sou feliz assim?
Era esse o futuro q eu tinha imaginado há 10, 15 anos atrás?
Ou ainda... o q q eu fiz da minha vida?

Ela o convida a mudar de atitude e antes de vencerem, eles começam a arrotar pelos 4 cantos a vitória q ainda não chegou. Isso se assemelha a dar um tiro no próprio pé.
A gente não deve abrir o bocão antes de conquistar as coisas. Principalmente em se tratando de conquistas num lugar onde só mora gente de mente pequena.

Além das duas estrelas incontestes, outra atriz magistral engrossa o elenco: Kathy Bates.

Atóórum!
Ela é a estrela de Tomates Verdes Fritos e também participou de Titanic.

Pra vc q está de coceba neste feriadão, taí uma boa pedida.
O filme nem de longe cai no lugar comum. Chega descer amargo na boca e tem um final de doer as entranhas.
Do tipo... não há luz no fim do tunel, ou ainda, a luz só depende de vc.

Para quem quer cortar os pulsos com faca cega, é uma ótima dica!


Bj na bunda.

sábado, setembro 05, 2009

#FOLLOWSICK

Por conta da minha impridência, gripei de novo.
Um saco.
Suspendi o cigarro, suspendi a birita e estou quase há 1 semana careta de tudo.
Mais chata do que nunca.
Sexo? Quê q é isso? Sei não... é de comer?

Por conta desse evento, meu cérebro travou e eu não encontrei absolutamente nada de interessante pra dizer.
A não ser: ATCHIM!

domingo, agosto 30, 2009

Uma cervejinha pra alegrar!

TOCAÊ!



Vc está lá na sua casa cansado de um dia inteiro de trabalho!
Bota uma música, dança sozinha e lembra q tem uma cervejinha q gelou o dia inteiro na geladeira te esperando!
Ah... é nóis!

Ouve tssss da tampinha e pega a tulipa correndo. Pros q gostam de sentir o puro sabor da breja, inclina a tulipa assim e pega a bicha todinha sem colarinho.
Outros, já gostam dela efervecente com aquela espuma cremosa e por que não... espumante?!
E se delicia. E bebe tudinho e pensa q a vida é boa.

Outra vez, vc já com a sensação do dever cumprido, abre a danada só pra comemorar o dia. E brinda com seu amado, cheia de sedução aquele momento pré-coito. Bom né? Ótimo!
Sabe dos carinhos que hão de vir, logo depois daquela conversa de botar o papo em dia, antes de rolarem os carinhos.

Tão bom também quando aquela sua amiga quer ter um super papo, do tipo ombro amigo, dá o orelhão aê! A cerve vem brindar o reencontro e a saudade acumulada.
O papo flui, as gargalhadas também, às vezes a dor se vai e outras, as duas podem encontrar soluções q duas cabeças acham melhor q uma.
Muitas vezes, a solução é ligar o foda-se e beber até cair. Não exatamente cair, mas até enrolar a língua, afinal, temos q voltar pra casa.

E na roda com os amigos? Só sai besteira né?!
A gente fala merda embalado pelo sabor daquela cerveja gelada ou daquele chopp cremoso.
Quem tá pra vir aqui em Outubro, é Alê Barros. Eu e Dani Antunes estamos doidas pela chegada dela, porque muita merda vai sair. Além do quê, vamos comemorar esse momento tão desejado, já tão querido por essa q foi integrante da formação original do Mulheres e grande responsável pela minha ida pra essa minha casa de praia, q se tornou vital.
E o mais legal, é q ela vai ficar aqui em casa! Vai participar da loucura, da esquizofrenia e desse amor louco q é minha família. É... vcs acham q é moleza né? Q eu sou pheena 24h por dia... espero só q ela não se decepcione.
Cotando os minutos!

Tem também a proibidona!
Aquela q vc bebe aos domingos, tarde, no computador, sabendo q no dia seguinte o tronco te chama. Meu caso recorrente.

Não importa né?!
O lance é não exagerar na dose e beber com sabedoria. Apreciar, sem enfiar o pé na jaca!
Não todo dia né, fellows! Não sigam meu exemplo!
Os q me conhecem sabem: Eu respeito os domingos (mentira!) e os dias santos.

Bj na bunda.

quarta-feira, agosto 26, 2009

SIMPLESMENTE DIVINO

Absoloutly fabolous!

http://jesusestamorto.blogspot.com/2009/08/use-filtro-solar-versao-realista.html

Depois me fala!

domingo, agosto 23, 2009

E os mortos ressucitam!

Coisa estranha.
Ontem fui a um aniversário de criança.

Me senti dentro do programa de Bruno Mazzeo - Cilada! Primeiro porque o aniversário rolou no meu horário de soninho dos sábados! Às 16h, em Jaca City.
Mas o amigo do trabalho valia.
Aquele cara bonachão, na dele, q não perturba ninguém, não bebe com a galera, mas q sabe não ser demais numa roda. Todos gostam dele e isso é indiscutível.

Peguei a família pelo braço e fui.
Assim, com a cara e a coragem, sem dar bola pro sono.

Engraçadão teve um encontro abre-apetite com seu fortificante predileto - El Porro de Male e ficou chapadão dando adeus pra cama. Eu não sou chegada a masoquismo...
Chegando lá, todos felizes e contentes, fomos logo recebidos pelo meu amigo, tão fofinho, q me apresentou à esposa e mostrou o filhinho.


Pacotinho desembestou atrás do saquinho de batata frita e Kbça de Bolinha avistou logo o escorrega, fazendo dele seu melhor amigo. Já Engraçadão como não viu nenhum conhecido por perto (sim, ele morou em Jaca City até eu arrancá-lo de lá, trazendo-o para Tijuca), ficou de olho no Kbça de Bolinha.


Mal aterrisamos na festa, encontrei um ex-vizinho Tijucano, q me convidou para dividir a mesa - mundo pequeno!

Ele era o tímido da turma, lá pros idos dos meus 15 anos.
Aquele cara bem branquinho, q quando dávamos beijinho no rosto, ele ficava vermelho como um tomatinho. Então, eu sempre encapetada, danava a falar coisas picantes-embaraçantes só prá ver seu rosto corar.
Pra mim aquilo era inédito mesmo, afinal, sempre fui preta e preto não cora!
Esse ex-vizinho é apenas 1 ano mais novo, mas não sei porquê, sempre o enxerguei como alguém muito mais novo.
Bom, ele agora tem 2 filhos, um casalzinho e ficamos lá trocando experiências acerca da paternidade e das façanhas dos nossos rebentos.


Quando estávamos já rezando pro parabéns ser anunciado, eis q ei-lo!
Eu ainda ia em Neverland pegar Dona Engraçada (srª. dona minha mãe) q como prometido, iria dormir de conchinha com Engraçadão aquela noite (Kuááááá, só pilha!).


Mesa do parabéns.

Pacotinho posicionado de barriga no bolo, Sr. Kbça de Bolinha recusou meu colo, se contorcendo prá descer e a dona da festa anuncia: - Olha pessoal, eu tenho essas bolas aqui (daquelas q parecem umas linguiças) e quando a gente cantar o parabéns, vcs balançam elas assim!

EU (pensando) - Hã...?
ENGRAÇADÃO (pensando) - Não... é prá enfiar no cu! (Esse cara anda lendo muito esse blog de linguajar baixo!)

E aí, embora ela tenha dito q iria distribuir, ela simplesmente entorna a caixa de bolas que pareciam linguiças na minha cabeça, cara, barriga, ainda não sei!
Sorte, q um dos taradinhos em frente à mesa, era meu filho maior e por isso não pisoteou o irmão menor, porque como eu havia dito, ele ficara no chão.

Só deu para amparar Kbça de Bolinha contra os ataques infantis insandecidos e bola de linguiça eu não peguei, porque me recusara!

O menino fazia 2 anos, mas no bolo tinham 4 velas! Uma das velas, era aquela q sai faísca. Por isso, meu filho mais velho encapetado, resolve enfiar a bola linguiça na vela, estourando-a com categoria!
Um primor!
Não sei se a dona da festa gostou muito...


Passado o trauma do parabéns, eu volto prá mesa e desovo Kbça de Bolinha em cima de Engraçadão, que por sinal, gostam de bolo.
Ao chegar na mesa, me deparo com mais um defunto. Para preservar sua verdadeira identidade, vou chamá-lo de Caroço.

Caroço...
Carooooço foi um cara q eu dei umas bitocas na época em q eu mais brigava com cabelo do q flertava, por assim dizer! Por conta disso, eu era o cupido da galera. E quando a galera cansou de me ver sozinha, me empurrou Caroço q nem era daquele prédio.
Só q Caroço já devia pegar as Patricinhas da Tijuca há muito e eu, só tinha beijado há 1 ano atrás.
De maneira q eu beijava e me apaixonava na sequência.
Com Caroço não foi diferente.
Só q foi beijinho de festa e pronto. Mas eu não esquecia Caroço. Alugava a galera, dizendo q queria mais beijo do Caroço, q no dia mesmo, nem gostei tanto assim.
Ele voltou lá algumas vezes, mas nem te ligo pra mim!

O tempo sabio como sempre, passou e eu saí de lá e nunca mais vi Caroço, até ontem!

Bem, como eu bem disse no meu último post do Mulheres a la Carte, Deus é sábio! Caroço estava lá ontem, mudou-se prá Jaca City, assim como o ex-vizinho, está baixinho, com as marcas do q foi um espinhal no rosto e não me pareceu nada interessante.
Para piorar, ao ser re-apresentado, ficou balançando os braços q nem o boneco do posto, todo sem graça, com sorriso amarelo. Por tudo isso, eu dei um ataque de riso e quase não pude me conter ao lembrar do passado e ver q de mais um ebó eu me livrei.

Na hora de ir embora, os quatro no mesmo corredor apertado, prestes a pegar o mesmo elevador. Eu pensei q se tivesse q pegar elevador com Caroço e tudo, eu teria um ataque de riso mega blaster e ficaria difícil de explicar, por q eu ria tanto!
É q eu acho patético homens q não sabem dizer:
Oi? Tudo bem? Quanto tempo! Cara, como vc mudou e aí?
E ao invés disso, ficam balançando os braços sem jeito, dando sorrisinho sem graça e dizem imediatamente:
Tchau, vou lá!

Aaah! Chuuuuuta q é macumba!
Ou melhor
ENTEEERRA Q É DEFUNTO!
Defunto bom, é defunto morto.

E salve o tempo!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...