Subscribe:

terça-feira, novembro 06, 2012

MESTRE PACOTINHO ENSINA



Primeiramente quero agradecer aos tapas que me deram no último post, bem como os remédios pra eu tomar, a fim de ficar melhor. E que anônimo fofo que comentou! Cara, eu adoro anônimo fofo.

Não estava deprimida não tá gente?
Estava triste, chorosa, questionando tudo, de TPM, pois é... desceu no dia seguinte e eu nem sabia q isso aconteceria. Mas enfim, quero agradecer por tudo.


Ando numa fase meio hiatus na escrita. 

A vida acadêmica está muito bacana, me desafiando do jeito que eu gosto e não sei se coincidência, mas eu estou totalmente sem motivação pra falar de mim.


Então falemos da molecada que é o que dá audiência!

Essa nova geração, a geração de Pacotinho que já completa 10 anos, é uma galera bem diferente, mas muito muito diferente do que a gente foi. Isso já estava escrito, mas ver a coisa se concretizar são outros quinhentos! São mais cordiais, dão lição de moral na gente nas atitudes e é muito engraçado ver como eles se relacionam.


Já que Pacotinho está na chuva, então  vamos lá molhar o boneco!

Na escola por exemplo, ele é "o disputado". Tem uma menina que é do turno da tarde e ainda gosta dele (já tem 2 anos que ele mudou pra manhã, realizem!). Sempre que se encontram em eventos da escola, ou passeio, meio que reatam o namoro, já que ela sempre foi apaixonada por ele. Ele vai namorando (aquela coisa a distância, sem beijo, sem nada), porque né, não está fazendo nada mesmo. Além de que, a garota que ele gostava (ou ainda gosta enrustidamente) não está numa de namorar ninguém, então ela fez exatamente o mesmo que ele faz com a outra da tarde: enrola. Ficaram um tempo, depois ela deu um pé na bunda. 
O mais curioso, é que ele está no meio do furacão, são 3 meninas no meio da peleja e ele consegue sair ileso da fofocada. Pois é, teve fofocada no Facebook e ainda bem, eu não deixei que ele fizesse uma conta. Uma fala pra outra que está namorando ele, a que está com dor de cotovelo diz pra outra que ele ainda namora a uma, a uma afirma que ele não pode namorar a outra porque ainda não terminou com ela... 

E aí? Já se enrolou aí? Ele não. Sai lindamente ileso da situação. 
Acho que seria uma boa ele dar consultoria de seu método, já que estamos precisando de uma graninha.


E tem uma amiga que é a mentirosa da sala de aula. Hoje, ele me contou uma de suas histórias e pudemos ver nitidamente a diferença de atitudes:



PACOTINHO - Então mãe, ela contou essas coisa todas e claro, a gente sabe q ela tá mentinto!

EU - E o que vcs fizeram?
PACOTINHO - Nada. A turma inteira sabe q ela mente, mas deixa ela mentir. A gente finge que acredita!
EU - Caraca! No meu tempo não era assim não.
PACOTINHO - Era como?
EU - Ah, a gente dizia: Aaaaaai, aaaaaaaai, mó mentira, aaaaaaíiiii!
PACOTINHO - Ih mãe, teve uma menina q começou a fazer Aaaai, aaaai, pra mim outro dia e eu perguntei: Que é? Tá sentindo dor?


Ou seja, é uma galera que sai das situações muito mais fácil que a gente.

E isso independe de educação, quédizê, guardadas as devidas proporções, desentendimento tem, conflitos tem, são dados ao drama e quanto a isso, eu ainda preferia a minha geração, porque a galera era muito mais easy going que eles. Saía na porrada e no dia seguinte estava tudo resolvido.

Eles curtem um debate, um problema, um conflito, mas para aquilo que se esperaria um terremoto, não há tormenta, não há tsunami  é resolvido de uma maneira simples.
Acho bacana também, que eles sabem exatamente o limite entre a brincadeira e o bullying. Não ultrapassam essa linha, se preocupam muito com o sentimento alheio, porque amizade é coisa séria. 


Por isso respeito tanto as crianças e as observo com tanta admiração. Aprender com eles é sempre possível e ao contrário do q se pensa, estão a um passo a nossa frente. É preciso só lapidar e como faremos isso, é o q faz a diferença.

Se nós enquanto pais não fizermos cagada, lá na frente teremos muito que agradecer. 
Estaremos certamente em boas mãos!

4 comentários:

Lulu disse...

Pacotinho arrasando corações. Mas ainda bem que ele tem bom senso. Tem apenas 10 anos e tem muito tempo pra namorar.
Big Beijos

Anônimo disse...

Garota, me empresta o seu filho por um final de semana. Preciso dele para resolver problemas familiares.

Que fofo ele.

Beijos

Yvonne

Luma Rosa disse...

Uau!! Se está assim com 10 anos, espera crescer mais um pouco!!
Acho que o seu filho está bem enturmado na escola e tem bons amigos, por que não acho que o comportamento dele, seja próprio da geração. Vê as meninas como são mais estressadas! (rs*) E tem garoto que não pode ver um olhar torto que quer logo partir para a pancadaria e por isso vemos tantos casos de violência dentro da escola.
Super legal o seu filho ser tranquilo e aberto a conversação.
Boa semana!! Beijus,

ANDRE GONÇALVES DA SILVA disse...


20 pessoas que se deram mal tentando bancar os engraçadinhos

http://www.mestresabe.com/2015/07/20-pessoas-que-se-deram-mal-tentando.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...