Subscribe:

domingo, novembro 30, 2008

Carro véio é uma... bem...

Depois daquele ataque de perereca e sem ter lido o post, Engraçadão resolveu me dar uma colher-de-chá no domingo e à maneira dele, me deixou dormir até às 10h.
Foi reconfortante. E eu acordei com o melhor humor possível, pois me sentia revigorada.

Mas não foi prá isso q eu comecei esse post.
Caaaara tipo assim! Vcs meus queridos 5's leitores q me acompanham há 4 anos, sabem q a gente tem uma UNO 92, cor de burro quando foge e q sempre q entro nela, me sinto dentro de um Peugeot preto 307, 4 portas, com direção hidráulica, vidro fumê, ar, som com mp3, vidros e travas elétricos né não?!

Só que infelizmente, a uno que não tem apelido, a não ser: carro velho, essa porra q vive morrendo e tals... na praça da bendeira, no viaduto do maracanã... , deu prá falhar numa pecinha eletrônica, acho q o distribuidor, q levantando o capot e dando um apertãosinho nela, o carro volta.
Pois bem, Engraçadão só foi me ensinar aonde fica a bendita na semana passada.
A bicha tá pintada de vermelho bem lá no meio, no meio daqueles negócios meio quentes, borrachinhas passando por cima e afins!

Daí que eu fui buscar os meninos na segunda feira e o Engraçadão tinha deixado o carro em frente a escola, pois aqui no Rio, o tempo está meia-bomba há duas semanas. Chove e faz sol todos os dias, várias vezes por dia. E a gente acaba deixando o carro pros meninos.
Aí, no cruzamento da Maracanã com a Garibaldi (aqui na Muda) o bicho morre.
Bom mulheres, qual é a primeira coisa q a gente faz quando carro morre? E vc com duas crianças dentro? Hein? hein? hein?
Ora, vc fala um palavrão daqueles bem grande tipo: Puuuuuuta que o pariu!!!! Caraaalho!!

E daí vc tenta fazer pegar na chave, mas parece q não rola.
Aí eu acendi o alerta e puxei a alavanca e quando me levanto para ... sei lá, eu acho q ia sair do carro, tem um louro pedaçudo fazendo jogging, com um puuuta alianção no dedo, me perguntando se eu queria ajuda!
A-han.
Vcs no meu lugar fariam o que?

  1. Agradeceriam aos céus pelo carro ser velho?

  2. Pediria aos céus para que o carro quebrasse todos os dias naquele mesmo local, no mesmo horário?

  3. Diria que sim, claro, q inclusive seu telefone q ficava no seu quarto em cima da sua cama também precisava de reparos?

  4. Diria que sim e ao sair do carro, simularia um desmaio nos braços do bofe?

  5. Ou N.R.A por amor a minha vida e aos meus dentes, responderia apenas sim, balançando a cabeça.

Pois podem ter absoluta certeza que foi a alternativa 5 q eu escolhi.
O lourão todo simpático, disse q ele e a mulher dele também têm uma uno velha e q sempre dá problema. Por q seria...?
Ele acrescentou inclusive q não sabia nada de carro, mas q se dispunha a ajudar, porque só oferecer ajuda já é um passo prás coisas darem certo! Acalma.
Huuummmm, eu estava calmíssima.

Depois do impasse de tentar abrir o capot (ele não estava mentindo, não tinha o menor jeito!), eu localizei a peça e com o maior cagaço de encostar em algo quente, pressionei a rebimboca da parafuseta. Daí ele mandou eu testar.
Sim senhori, positoni!
O carro pegou.
Nisso, Pacotinho todo se querendo, super simpático fazendo amizade com o lourão.
Todos deram tchau, eu passei do cruzamento e vi o lourão se afastar continuando com seu jogging.

Foi uma cena incrível.
Só até o próximo cruzamento, claro!
o carro morre de novo e dessa vez o socorro veio, mas acompanhado de uma pancinha de chopp no capricho.
Tentei a pecinha, mas ela se recusava. Daí, veio um de cada lado e me ajudou a empurrar até em casa. Sorte, eu estava já no quarteirão de casa.
Deixei o carro em frente ao prédio e quando Engraçadão chegou, o bicho simplesmente pegou, contrariando toda a minha história.

Engraçadão soube de todos os detalhes, inclusive do lourão.
E pediu prá eu escolher entre ficar com o olho roxo ou perder os dentes da frente.
Bão... eu preferi... eu... eu...
Alguém conhece aí um bom dentista protético?

*VCS ESTÃO OUVINDO Politk do Colplay.

Abaixo, a tradução:


Olhe para a Terra do Espaço Sideral/Todos devem encontrar um lugar/Dê-me tempo e espaço\Dê-me realidade e não mentiras\Dê-me força e controle em estoque\Dê-me um coração e uma alma\Dê-me tempo e nos dê um beijo\Fale-me de sua própria política\E abra seus olhos\Abra seus olhos\Abra seus olhos\ Abra seus olhos\Dê-me um, pois um é o melhor\Numa confusão, numa confissão\Dê-me paz de espírito e confiança\Não esqueça o que sobrou de nós\Dê-me força e controle em estoque\Dê-me um coração e uma alma\Ferimentos que curem e estragos que concertem\Fale-me de sua própria política\E abra seus olhos\Abra seus olhos\Abra seus olhos \Abra seus olhos\Apenas abra seus olhos\Mas coloque amor por cima, amor por cima, amor por cima disso tudo... (repete)

4 comentários:

Claudia Lyra disse...

Ah... nada que uma dentadura não dê jeito, né não? Hahahahhahaha...
Cara... mas carro velho é mesmo uma casseta sem tamanho... tá doido!

Dando a Bunda pra Bater disse...

Bom, das cinco pessoas que aqui comentam, todas devem ser mulheres. Pela parte que me toca, eu passava com o que restou do carro por cima do loiro casado.

Beijos,

Enfil

Lulu on the Sky® disse...

Putz carro velho qdo começa dar problema é chave de problemas haja dim dim pro mecânico.

Gostei da trilha do coldplay. O último discos deles está duka.
Big Beijos

Flavynha disse...

Oi, voltei! com um blog meio novo porque desisti de tentar escrever no meu antigo, já que o assunto do momento são os gêmeos! Mas prometo tentar voltar a ativa no Viajando na Maionese!!!
Sabe a brincadeira do 'pelo menos'? Então... pelo menos vc tem carro... porque eu fui obrigada a vender o meu para comprar um apto que coubesse a cabeçada toda e estou a pé! Com 3 crianças!!! uh-huuuu!!!!
beijossssssssssss

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...