Subscribe:

quarta-feira, abril 21, 2010

Notícias de um bebê... no consultório?

Meus queridos 5's leitores, no sábado que passou eu fiz 9 meses ou como se diz hoje em dia, 36 semanas. Já disse que quem inventou esse negócio de contar gestação por semanas foi o capeta não disse? Pois bem, agora os médicos esticam a vida no ventre até quase 10 meses e a gente se fode e blá, blá, blá - isso eu também já disse...
Vamos ao mini-flashback!
O fato é que ontem fui fazer uma nova ultrassom porque Miss Surpresinha estava com tamanho de um bebê de 31 semanas, apesar de na época estar com 34 semanas. O meu Suuuper Ginecologista havia me pedido para aguardar 2 semanas e repetir o exame. Eu obedeci. Eis que ontem foi o grande dia!
Fim do mini-flashback!
Eu não estou mesmo saindo de casa. E dinheiro é algo que tem morado dentro da minha conta corrente, ao invés de na minha estante. Engraçadão leva os meninos para escola de carro e deixa o carro lá, de maneira q eu fico a pé. Só que ontem não deveria ter sido assim, mas quem disse que eu lembrei de alertá-lo? Em cima da hora de ir ao médico é que fui lembrar que estava sem dinheiro e sem carro.

O consultório é relativamente perto daqui. É aquele perto que um só ônibus resolve e eu sempre me prometo que ao descer, vai dar pra ir andando até o ponto de ônibus. Mas que nada! Quando chego na portaria, já estou me dirigindo pra esquina onde passam os taxis. É um processo automático, como se andar do elevador até o hall da portaria já me rendesse uma maratona. Tudo cansa! Fico sem ar, a barriga endurece (sinônimo de contrações) e o ponto de ônibus que não chega a meio kilômetro da minha casa, toma proporções de Rio-São Paulo. Pa-tético.

O primeiro taxi não aceitava cheque, já o segundo não tinha ar condicionado e o motorista com cara de bêbado (embora não o estivesse), parecia aceitar até tapinha nas costas.

Gostei do modo como ele dirigia e ele fez o caminho que eu faria se estivesse ao volante. Tudo certo até as proximidades da clínica. Quando ele ia pegando o caminho errado, eu o alertei e ele seguiu viagem dentro do trajeto normal. Aí eu relaxei né?! Ele sabe o caminho! Eu me lembro de ter dito q era na Conde de Bonfim, depois da Granado, mas ao invés de virar à direita logo depois do sinal, ele foi reto.

Aí eu falei:

EU - Nãããão moooçooo! É ali ó! Na Conde de Bonfiiiim!

Maluco, o cara meteu a mão no volante, como só os taxistas q fazem merda sabem fazer e ia virando assim sem olhar pros lados, quando outro carro embucetado quase bate nele e justo do meu lado. Quem fez mais merda?

Alternativa A ( ) - Eu, q não tinha nada de assustar o moço!
Alternativa B ( ) - O taxista q respondeu no automático sem olhar os retrovisores!
Alternativa C ( ) - O motorista que saiu do sinal embucetado como se estivesse numa corrida em Interlagos!

Entre mortos, feridos e assustados salvaram-se todos, graças a Deus!

Eu não me assustei, juro! Não sei porqueraios, mas não ando me assustando com quase nada que costuma dar susto. Meu sangue anda frio pro óbvio. Ainda consolei o taxista que ficou boladíssimo com a possibilidade de ter batido o taxi com uma grávida dentro. Mas ele aceitava meu cheque e era isso que importava, além de eu ter chegado minutinhos antes do horário da consulta!

Uma vez lá dentro, para encurtar o post, o diagnóstico é que continua tudo bem, graças à Deus e que Miss Surpresinha é realmente pequenina. Uma levada pequeurrucha - palavras da médica. Ela se mexia tanto, que quase atrapalhou o ultrassom. Agora vamos ver o que meu Suuuper ginecologista vai dizer. Semana q vem eu tenho consulta e não esperem que ele marque a data do parto, porque nem 2,5Kg ela tem ainda! Então acredito que ele me torture por mais 2 semanas. Vamos ter paciência! Está difícil, mas está acabando.

Na volta, fui chorar miséria junto a um taxista parado próximo a uma das saídas do metrô. O taxi era um bonitão, daqueles modelos de carro novo q eu não lembro bem a marca. E segue o diálogo:

EU - Moço, boa tarde! O Sr. aceita cheque?
Taxista - Não, não trabalho com cheque. A Srª. vai pra onde?
EU - Vou pra ali assim, assim! É q meu banco é longe e eu não consigo andar até lá.
Taxista - Entra aí então q eu te levo.

Outro nível né?! Ar condicionado, carro espaçoso, tenho quase q certeza q era um Fiat Idea, mas ...

Chegando aqui em frente, saquei o cheque da bolsa e perguntei quanto era. O taxista disse q não era nada.

NÃO ERA NADA! - COMASSIM NÃO ERA NADA? - O CHEQUE TEM FUNDOS, É SÓ DEPOSITAR - NÃO É NADA.

Eu ainda estou pasma, porque né?! Quantas pessoas hoje em dia vc conhece q tem a grandeza de fazer isto?

Agradeci, empurrei pra Deus a conta e ele ainda disse que foi um prazer me levar. Cara... fiquei emocionada, aí cheguei aqui em casa, deitei, agradeci aos céus, porque né...? E me afoguei em melancia. O q me restava? Melancia.

10 comentários:

Fernanda Freitas disse...

É por causa dessas pessoas que ainda não tomei veneno por ser trouxa. É. Sâo excessões que valem lembrar que ser um homo sapien não é de todo um caso perdido.

Viajante em fuga disse...

Ainda existe gente de bem no mundo! Graças a Deus! =)

Ma disse...

Maravilhoso, né...
Dar, doar, irmanar-se...
Este aí, sem dúvida , é um ser raro, destes que não se encontram duas vezes.

Lulu on the Sky® disse...

Deus colocou esse segundo taxista como anjo na sua vida sabia? Muito raro alguém fazer isso.
Já alterei seu link no blog ok?
Big Beijos

Dani Antunes disse...

Tá vendo?! Ainda existe gente boa no mundo. E pelo visto ainda resta uma esperança. :)

LuSoares disse...

Geeeeentem, que lindo!!!
Que taxista gente boa! Deus vai dá-lo muito mais do que em dobro...tenha certeza!
Quer dizer q Miss Surpresinha é uma espoleta? Nossa!!! Nem puxou a mãe!!! rs
Sabe o q acabei de me lembrar? De um certo Chá de Bebê que não aconteceu... hmmm.... ainda dá tempo, heim!!! Tamu aê... ;-)
E se cuida!!!
Bjundas

Janaina disse...

Apesar de tudo ainda há boas pessoas no mundo sim.Essas coisas acontecem PRINCIPALMENTE com pessoas que não fazem mal a ninguém, entendeu?
Quem faz o bem,ganha o bem,beijos.

Van disse...

Caraca Flávia, eu tô pasma como que o cara te levou pra casa sem cobrar NADA!!! Aonde você vê pessoas tão solidárias assim hoje em dia?
Beijinhos e tô curiosa pra ver o rostinho da Miss Surpresinha!!!
Fica com Deus!

Alice Voll disse...

Nuss, porque você não me disse que mais ou menos perto da sua csa tem uma loja da Granado? Já teria feito altas encomendas! siajnsjian
Passando o momento egoista!
Besha, Deus é bom mesmo, né? Graças a Deus nada aconteceu, tá queimado como dizem os evangélicos!
De graça? Para de mentir, vey, você nunca foi disso!
sianisnaisa
ó í, ainda há gente boa nesse RJ!

AneFroes disse...

Salve, Jorge!
E bora fazer essa Ervilha crescer, engordar, e sair logo pra gente fazer festaaaaaaaaaaaa!
Bêjos

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...