Subscribe:

terça-feira, janeiro 18, 2011

O QUE FAZ UMA CRISE DE ABSTINÊNCIA

Apesar de ter sido chamada de hipócrita a plenos pulmões, há um tempo atrás por um colega de trabalho lunático, afirmo que eu posso ser qualquer coisa, menos hipócrita.

Eu sempre paguei o preço pelo meu jeitinho espontâneo de ser e até aprender a dosar isto nos lugares em que eu ia, me foi muito custoso e me causou até certo sofrimento.

Esse tempo passou, amém.

Estou há alguns anos na mesma empresa, então as pessoas aqui já entenderam e aprenderam a dissociar o bom humor da competência.

Essa intodução serviu para esclarecer o que virá lá na frente. A minha crise de abstinência... de ... melancia. #ProntoFalei.
 
83688002.jpg

Sexta-feira liguei pra Engraçadão e pedi encarecidamente que comprasse melancia.

Porque tinha acabado mesmo, porque eu saio do trabalho com horário apertado para rendê-lo e não dá para ir ao sacolão de jeito nenhum. Daí que na quarta ela acabou, na quinta eu esqueci de avisá-lo e na sexta lembrei e pedi.

Adivinha qual foi a primeira coisa q fiz ao me ver sozinha na casa? Isso mesmo! Fui dar um confere na geladeira para ver se a bitela estava lá e a comeria sozinha, sem nem dividí-la com criança zoiuda nenhuma! Aliás, o Sr. Cabeça de Bolinha frustra qualquer tentativa de comer melancia sozinha, babando e saboreando. Ele dá a elza na minha melancia. Por isso agora eu sempre me escondo.

Então não tinha.

Engraçadão já tinha ido embora, os garotos estavam vendo DVD no quarto e só Dona Miúda compartilhava da minha aflição. O sacolão fecharia às 20.30h de modo que eu ainda tinha 30 minutos.

Coloquei Pacotinho, também conhecido como Cascão para tomar banho e chamei o Sr. Cabeça de Bolinha para ir comigo. Ele é rueiro, topou na hora, mas quando chegamos lá em baixo...

O porteiro me comunicava que uma chuvinha sem vergonha estava começando. Daquelas que molham meesmo. Cara, fiquei muito puta. Fiquei tipo iraada! Nem um cigarrinho tinha em casa. Nada. Não tinha marido, não tinha melancia, não tinha cigarro, nem drogas pesadas de cunho ilegal, nada!

Em compensação, tinha uma galera querendo subir pro apartamento de um sujeitinho adolescente, mais conhecido como "a dor de cabeça do prédio".

Aqueles adolescentes que adoram tocar terror na casa dos outros, mas que em casa são uns santos?! Desse quilate. Pois sim!!

O prédio q a gente mora, apesar de ter bastante gente idosa, não é aquele prédio chato q não pode nada senão tem reclamação, sabe?

Muito pelo contrário. O pessoal não se mete na vida do outro e desde que vc obedeça o horário de silêncio nas áreas comuns, umas reuniõezinhas mesmo fora do horário dentro de casa, são toleráveis. Só que esse garoto, aborrecente, só faz merda. E das grandes!

A mãe dele, não bate muito bem da cabeça (não, ela não tem parentesco comigo!). Então aluga o salão de festas do play e deixa o filho dela, com uma "penca" de adolescentes e não toma conta.

Moral: Aparecem camisinhas usadas, garrafas de bebida quebradas e ultimamente, os porteiros começaram a sentir cheiros estranhos no ar.

Eu particularmente, não me importo em sentir cheiros estranhos no ar, desde q as pessoas façam dentro de suas casas. Mas explanar assim pra geral não dá. É falta de respeito, pô! E eu sou a mulher do síndico, porra!

Estava há 2 dias sem comer melancia, sem marido, sem cigarro, sem marido, sem cigarro, sem marido, sem melancia quando um comboio de adolescentes subia pelo elevador, batendo o pé e destratando o porteiro mais maneiro do prédio na minha frente.

Aí mermão, me inteirei do assunto, emputeci e resolvi ir atrás.

Chegando no play, o porteiro chefe estava em casa, fora de seu horário de trabalho, com um olhão alarmado porque pressentia a merda q ia dar.

À primeira vista, tudo escuro e as meninas não estavam. Pedi à esposa do porteiro para estacionar a Dona Miúda em sua porta junto com o Sr. Cabeça de Bolinha e como um cão perdigueiro fui dar uma busca.

Eu estava encapetada mesmo! Tava doida pra arrumar uma quizumba.
 
 
82651545.jpg
 
Por fim as encontrei no escuro, com uma pack de ITAIPAVA fechadinha - eu disse I-TA-I-PA-VA! - na mureta. A-han!

Esses putos nem ao menos sabem beber! Itaipava? Fala sério! Não valia nem apreender.

Então, estufei o peito do alto dos meus 1.60m e falei grosso! Errr, eu já falo grosso normalmente... esqueci... bem:

ENGRAÇADINHA FALANDO GROSSO - Boa noite! Eu sou a mulher do síndico!

ELAS - Ah tá (em uníssimo com aquelas caras de "vai feder"), boa noite!

ENGRAÇADINHA FALANDO GROSSO - A parada é a seguinte, não sei quem é o morador responsável por vocês, mas vou avisar. Vender bebida pra menor é crime! Então vcs têm duas alternativas: Ou saem do prédio e vão beber lá fora, ou vão pra casa do morador. Mas aqui vcs não ficam, porque senão eu chamo a polícia! Não sou contra biritar, certo? Eu bebo também, mas não posso deixar vcs beberem aqui, pq se der merda...

ELAS - A gente sabe, vc vai ser responsável.

ENGRAÇADINHA FALANDO GROSSO - Exatamente! Então, caminho da roça!

Nessa hora eu pegaria a sacolinha e usaria todo um discurso políticamente correto, preocupado com a saúde e bem estar das meninas - SE A CERVA FOSSE IMPORTADA, OU SKOL, OU ANTÁRCTICA - mas não era!

Elas nem discutiram. Pegaram a sacolinha e vazaram.

Aí desceu a sub-síndica e já encontrou a área limpa.

Eu estava com o cão mesmo!

Mais tarde, ainda tive um bate boca com o tal aborrecente, que jura que não estavam fazendo nada demais, mesmo o porteiro jurando que eles estavam usando droga, pois pegou o próprio com o nariz num saco, que foi prontamente dispensado diante do flagra; além de outro amigo que ficava subindo e descendo como se estivesse com o rabo ligado no 220V. Não, não era droga, era cocô. Deram agora pra cheirar cocô e eu sou preta do pentelho louro, rica e famosa. Oh sim!
 
 
55991720.jpg
 
Enquanto isso, a mãe, proprietária do apartamento não está nem aí se tacarem fogo no prédio; os pais dos amigos que frequentam esse manicômio do 2º andar, acham que seus filhos estão indo na casa de um amiguinho apenas pra jogar vídeogame, quando na verdade, eles estão experimentando droga (eu ouvi uma das adolescentes chorando - gritando - encolhida na cama de nosso amigo, dando um show típico de quando a experiência é traumática. Cerveja não dá esse barato, acreditem! Vi da janela do quarto das crianças) e eles, ao invés de curtirem a vida, ficam fazendo merda, desrespeitando quem está trabalhando e depredando o patrimônio alheio.

Vcs acham mesmo que eu vou deixar destruírem meu prédio? Neeem fodendo!

Justo agora que subo o morro todo dia e estou assim cos'hômi da UPP? Nem converso. É 190 neles.

Eles que rezem muito pra eu ter comido melancia da próxima vez que aparecerem por lá.

Eles que rezem!
Eles que rezem!

12 comentários:

Crioula disse...

AHAHAAHHA.. NAO SABIA Q MELANCIA CAUSAVA DEPENDENCIA E TAO POUCO ABSTINENCIA!

Garota Enxaqueca disse...

Gente.

Quando vou te visitar, já sei o que te levar...

E fica calma, amiga....

Daqui a 2 semanas aguentarei essas peças dentro da sala de aula.... =/

Naiara Moura☼ disse...

AHAHAHAHAHAHAHAHA
muito bem! os zé-bonitinhos não fazem em casa e vão aprontar no prédio dos outros u.u'

Danilo B. disse...

AHAHAAHHA.. NAO SABIA Q MELANCIA CAUSAVA DEPENDENCIA E TAO POUCO ABSTINENCIA! [2]

E Itaipava é boa, vai! Para de ser mala!

'Lara Mello disse...

Vamos rezar!! Rs.. Vc é muito doida e engraçada! Bju

Sexo Verbal disse...

Figuraça! Não sabia que a falta de melancia no sangue humano causava isso tudo.

Say YES to watermelon!

Beijos
Enfil

Morena disse...

Meeeeeu Deus! Só para vc me fazer rir com essa abstinência de melancia! E tipo eu já havia rido da história lá na casa da Dani lendo aki então me acabeeeei rsrsrs
Beijos saltitantes
Boa semana
Ps: Não sei pq n consigo ver as imagens do seu post!

LuSoares disse...

PQP`s infinitos!!! Já era tua fã, agora mais ainda. Queria uma mosca (varejeira, né?! Olha meu tamanho!) pra ver vc sacudindo os aborrecentes.
AMO-MUUUUUITO!!!
Acho uma falta de responsabilidade mt grande dos pais que permitem isso (minha mae tinham umas tecnicas infaliveis pra detectar se eu estava bebada ou drogada ao voltar pra casa das minhas nights...detalhe...eu já tinha pra lá duns 23 anos e ela continuava a utilizar as técnicas)
Por isso que o mundo está como está, cada um por si...
Tá de parabéns, por colocar ordem no prédio e pela crise de abstinência, afinal quem nunca teve uma?!!

Dani Antunes disse...

hahahahahaha forever!!!!

Ri de vc me contando, ri contando pra Advi e ri te de novo agora ao ler outra vez, dentro da lotada. rs

Não curto Itaipava tb, apesar de já ter bebido algumas vezes. Saporra me dá dor de cabeça depois, um inferno.

E, bom... O povo aqui definitivamente não sabe o que é a sua pessoa sem Melancia. kkkk

Tenho medo demais!! =P

Claudio disse...

Nossa... Ser mulher do síndico deve ser um sanhaço, hein???

Porém, aprovo a sua decisão de (meio leoa, meio tigresa) zelar pelo espaço em que vivem os seus filhos.

Apoiado!
Kisses

http://www.estadodaarte.blog-se.com.br

luluonthesky disse...

HAHAHAHAHA nossa fiquei imaginando a cena vc falando grosso com as pessoas. Tem q se impor mesmo senão neguinho folga. È um puta abacaxi ser síndico de prédio.
Big Beijos

Ane Brasil disse...

mulé de síndico só sifu... vai por mim, minha irmã...
Olha, tô achando ligth pra caralho essa tua abstinência aí... por toda a caca que cê relatou eu teria feito até pior: virado todas - eu disse TODAS as itaipavas (argh) no chão diante da galera... e digo mais: o fato de voc~e ter encontrado itaipavas é prova inequívoca de que essas crianças estão com sérios problemas.
Há psiquiátras e bons remédios que resolvem esse tipo de coisa.
Sorte e saúde pra todos!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...