Subscribe:

domingo, novembro 20, 2011

BANDA LETUCE - Do que se trata?

Antes de sair metendo o malho, explico! 
Meus queridos 5's leitores que me acompanham que nem novela, sabem muito bem q eu dou minhas pitacadas em música. 
Aliás, não só em música. Em cinema, em teatro, em exposições, em bares, em restaurantes, em programas em geral, mas muitos devem se perguntar de onde vem tanta propriedade quando eu falo de música! 
Claro, não sou mais uma metida a dar pitaco, claro, tenho um passado negro ligado a música.

Já soltei muito o gogó por aí! 
Na escola, na igreja, nos corais, nas bandas, em bares e nas fitas demo. Já acompanhei processo criativo de inéditas, de couvers, de arranjos, de releituras... já acompanhei muita coisa cansativa, já que só punha voz. Por isso, com meu ouvido não brinque! 
Mais que isso, deixa pra lá. 
Posso dizer que tenho um ouvido tão nervoso para música quanto para quem fala o  português errado. 

Então digamos que Letuce me acometeu. Se é que posso dizer assim. Não sei se posso...

Claro, é um casal moderno! Tinha q ser!

Estava eu lá deitada no quarto quando começou o Estúdio Móvel da Rede Brasil e um dos entrevistados era a Letuce. Até aí, morreu neves. Só que eles começaram a me perseguir. Na semana seguinte li um zine e lá estavam eles, mais adiante ganhei o CD Oi Novo Som e adivinhe quem estava na compilação? Eles mesmo, Letuce. Semana seguinte, irmã fala que ouvia direto... 

Então eu decidi baixar o EP Couves, onde eles fazem releituras chiquetosas de até algumas bandas de pagode como Raça Negra, Só Pra Contrariar, entre outros não-pagodeiros como Sade só pra citar. Achei brilhante esse trabalho até ouvir melhor.

Bem, Letuce é um mix de Letícia Novaes e Lucas Vasconcellos
Sim, os L&L são namorados, criativos, ela atriz, ele músico, ela sem muita perspectiva, ele música. 

Não sei exatamente como se conheceram, não sei exatamente como se encontraram, fato é q a banda exala amor, inventividade, arranjo de primeira, som de qualidade... tanta, mas tanta coisa boa, que chega a dar invejinha nos meros casais mortais. 

Não acho q Letuce seja trilha sonora pra se andar de mãos dadas num domingo à tarde na Lagoa. Acho q Letuce pode muito bem ser ouvida no momento do coito. É gostoso... Muito embora eu nunca tenha testado, é verdade!

Ouvindo as faixas dos álbuns Plano de Fuga pra Cima dos Outros e de Mim, EP Couves e outra faixa inédita, tive várias sensações.

A banda tem um quê de circense; Letícia canta brincando, o q me deixa na dúvida se isso é bom ou ruim. 
Quando será q ela canta e quando será q interpreta? 
Quando ela canta a música Potência, ela solta a voz sendo ela mesma e fica ma-ra-vi-lho-so! Apesar de ela abusar do jeito meio arrastado de cantar, o q não chega a ser uma crítica. É só o jeito dela de colocar sua voz.

Já quando está cantando alguns dos covers, rola umas desafinadas, umas perdidas de fôlego que me deixam na dúvida se é ela fazendo tipo, se é mesmo proposital ou se a voz dela realmente não tem alcance. 
Porque Ok, ela canta bem, mas não ousa, não sai da zona de conforto. Seu tom é de contralto, quem sabe meso-contralto, não sei... não vi flerte algum com tons mais agudos, o q me leva a concluir q essa brincadeira toda pode ser calculada e o q me faz crer ainda, q a parte instrumental da banda seja melhor q a vocal, mesmo sabendo que Letícia é a alma da Letuce. 
Deu pra perceber?

É como se fosse eu cantando Renato Russo. Confortabilíssimo, sacou?

Mas isso tudo não desmerece a banda. Muito pelo contrário, é um charme a mais para aqueles q não tem ouvido. Para o meu, q é um pouco mais nervoso, essas discrepâncias incomodam um pouco, porém não influem na minha decisão de continuar ouvindo a banda.


Vídeo da música Potência

Letuce é bom!

4 comentários:

'Lara Mello disse...

Meu melhor amigo curte e me falou essa semana sobre eles, segundo ele ela faz de brincadeira mesmo, quando canta outras músicas, ela desafina, não canta tão bem, né? Eu não conheço, mas ele veio aqui em casa e comentou muito bem sobre a banda, deve ser boa mesmo, vc e ele falando =)

Lulu on the sky disse...

Nunca tinha ouvido falar deles. É um som que eu particularmente não gosto.
Big Beijos

Dani Antunes disse...

Porra, jura que a Lulu tá dizendo que não curte o som só porque só ouviu uma música? Ah, não... Não aceito!
Ok que essa é a minha preferida do cd Oi Novo Som, ok que eu já ouvi algumas outras. Mas, não aceito: não escutou tudo, não pode dizer que não gosta! hahahaha
[é, tô chata! haha]

Será que eu acho a discografia via torrent? Depois te falo! Super curti e quero ouvir mais sim.

Fala de Pedra Letícia aqui tb, amiga!! :)

Bjs

Anônimo disse...

Eu acho que a voz dela é autêntica, e isso vale mais do que uma voz comum que alcança notas altas! Adoro seu blog. Bjs, Julia.

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...