Subscribe:

quinta-feira, outubro 19, 2006

EXPERIÊNCIA DE QUASE MORTE - EQM


Nesse feriadão lavei a égua na louuuucadora.

Engraçadão já falou:

ENGRAÇADÃO FALANDO - Caraaaalho Engraçadinha, Puuulta queoparíu, vamo pegá leve c/ essa porra de locadora! Depois tu fica reclamando q o dinheiro não dá.

Uma doçura esse meu amor né?!Quando ele taca a minha cabeça na parede então?!

Ai, ai!
Tudo bem, que nós estamos c/ a segunda temporada de Lost completa lá em casa, mas Lost, eu estou condicionada a ver do ladinho de Engraçadão, de modo que, quando ele não está do meu ladinho, eu fico a ver navios, riiiight?!
E como também eu só consigo passar roupa sentada em frente àquela televisão magnífica, vendo algum filme ou série, se não tiver filme, a roupa não sai!

É.
Porque mulher moderna como sou, preciso de algum estímulo p/ os afazeres domésticos.
Mulher moderna que se preze, que trabalha fora, pega o bacurinho na creche, faz cosquinha na barriga, conta história, divide c/ o digníssimo as tarefas, mas à noite tem de estar toda puta em cima de uma cama, merece um estímulo durante os afazeres domésticos.
Ainda mais aquele tipo mulher moderna que nem passa na porta do shopping, em frente àquelas lojas carerrérrimas em que cosutmava comprar as roupas, muito menos daquelas lojas de sapatos maravilhosas onde a mulher moderna adorava comprar e menos ainda roupas. Hunf! É ruím hein?! A mulher moderna há muito tempo não sabe o q é comprar roupas assim no plural. Essa mulher moderna só tem doado.
Não perde uma campanha fraterna. Doa quase tudo q pode.
Daqui a pouco, a mulher moderna vai andar pelada, quem sabe assim algum dono de loja não se apieda dela e dá um monte de roupa velha de grife p/ ela vestir, pobrezinha!

Mas não era nada disso q eu ia falar.
Na-na-não!
Hum-hum.

Um dos DVD's q eu peguei, foi As Cartas de Chico Xavier. Foi daquele programa Linha Direta Justiça, dividido em 3: As Cartas de Chico Xavier, A Vida de Zé Arigó e EQM - Experiência de Quase Morte. Neste último eu me identifiquei totalmente.
É. Eu acredito nessas coisas e não me venham dizer que é mentira, q eu sofri hipnoze, que é indução e o carlho A4 que não é nada disso.
P/ mim, os espíritos são uma realidade.
O próprio Jesus deu provas disso quando desencarnou. Tadinho...
Ele voltou no 3º dia materializado, provando que espíritos são um fato e atestando a vida após a morte.
Mas isso é papo p/ outro dia.

Aconteceu quando eu tinha 8 p/ 9 anos.
Meu pai, que vivia rodando bolsinha pela Zona Sul, de vez em quando p/ compensar a culpa, me pegava nas tardes ensolaradas e me carregava p/ a praia, fazendo c/ q eu matasse aula.
Ora. Eu ia feliz, contente igual a um pinto no lixo. Ainda tirava onda na garupa de sua moto.
A gente ia prá Hypanema. Destino certo. E na saída, dava um pulinho na praia do Diabo, que vem a ser um rabicho do Arpoador.
Eu ficava maravilhada nessa praia, porque era muito rasinha. A água não passava do tornozelo.
Prá mim q era miúda, era a glória, apesar de eu avistar o povo pegando onda ao longe.
Nunca me interessei em ir ao longe.

Só q o Diablo atenta e um dia eu resolvi ver até onde aquele raso ia dar.
Meu pai amarrou o bode na praia e eu literalmente deitando e rolando, fui me distanciando dentro d'água. E nada de a água subir.
Continuei engatinhando-rolando-simulando um nado. As marolinhas batiam e me impulsionavam mais prá dentro. Não me arrastavam não. Eu é q estava c/ o corpo mole e me deixava levar mesmo.
E assim fui, fui, fui até rolar... e afundar.
Porra, eu não sabia nadar e quando rolei, fui direto pro fundo e me desesperei. A água entrando pelos poros, ouvidos, boca, que imediatamente fechei.
Comecei a me debater debaixo d'água c/ os olhos fechados e minha vida foi passando lentamente pela minha mente.
Vi acontecimentos daquele dia, me vi brincando c/ as vizinhas, me vi na escola, no colo da minha mãe e a velocidade dos acontecimentos foi aumentando assustadoramente e de modo regressivo. Minha vida estava regredindo.
Aí eu me toquei, sei lá, que eu ia morrer.
Algo dentro de mim berrou: EU NÃO POSSO MORRER AGORA. NEM PENSAR! NÃO POSSO MORRER!!!
Foi aí que eu abri os olhos embaixo da água salgada e vi um barranco. Acima as ondas passando.
Com fôlego não sei de onde, eu finquei meus pés e mãos na areia e tomei impulso p/ subir.
1
2
3
E já estava c/ metade do corpo p/ fora da água, naquele rasinho de novo.
Deitei a cabeça exausta, tossindo, c/ água saindo pelos poros, ouvidos, nariz e olhos. Olhei p/ a frente e avistei meu pai lá, alheio a tudo.
Aos poucos subi a outra metade do corpo e fui rolando, engatinhando de volta p/ a areia e já perto dele, deitei na areia quentinha. E fiquei só respirando.

Não contei nada.
Criança... tive medo d'ele nunca mais deixar eu matar aula p/ ir à praia c/ ele.
E passou. Estou aqui. Não sou um espírito.

Agora me digam se foi hipnose, indução ou sei lá o quê... Vamos?!

6 comentários:

Ma Albergarias disse...

Certamente foi um EQM.

Mas quando não é a hora, não é mesmo. Nas crianças, o espíritohabitante de seu corpo ainda tem vívidas experiências anteriores esendo assim sacudiu a ele mesmo envolto nesta roupagem nove.
Evoluímos ,crescemos e o esquecimento de vidas anteriores vai instalando-se. Mas o fato, é quepor vc ser tão pequena, conseguiu voltar. Agradeça a sua porção espiritual muito forte, viu!!!

Engraçadinha disse...

Vc adivinhou. Queria mto q vc lesse! Obrigada. Bj.

fuiobrigada disse...

Tive experiência fora do corpo, mas foi quando estava muito doente. Era papa-hóstia total e adoro igreja até hoje)... mas a experiência me forçou a estudar e abraçar o filosofia espiritualista.
Obrigada por compartilhar... até ter uma experiência outros podem achar que é mentira, hipnose, indução, ilusão, sonho... Conhece a conscienciologia? Fui a algumas palestras e eles falam http://bp2.blogger.com/_Wh6sojd47VM/R__hf94Oh0I/AAAAAAAAAgY/yiXHwciPJRk/s1600-h/2008.04.11+-+828_Relatividade+7.JPG

fuiobrigada disse...

Tive experiência fora do corpo, mas foi quando estava muito doente. Era papa-hóstia total e adoro igreja até hoje)... mas a experiência me forçou a estudar e abraçar o filosofia espiritualista.
Obrigada por compartilhar... até ter uma experiência outros podem achar que é mentira, hipnose, indução, ilusão, sonho... Conhece a conscienciologia? Fui a algumas palestras e eles falam http://bp2.blogger.com/_Wh6sojd47VM/R__hf94Oh0I/AAAAAAAAAgY/yiXHwciPJRk/s1600-h/2008.04.11+-+828_Relatividade+7.JPG

fuiobrigada disse...

Tive experiência fora do corpo, mas foi quando estava muito doente. Era papa-hóstia total e adoro igreja até hoje)... mas a experiência me forçou a estudar e abraçar o filosofia espiritualista.
Obrigada por compartilhar... até ter uma experiência outros podem achar que é mentira, hipnose, indução, ilusão, sonho... Conhece a conscienciologia? Fui a algumas palestras e eles falam http://bp2.blogger.com/_Wh6sojd47VM/R__hf94Oh0I/AAAAAAAAAgY/yiXHwciPJRk/s1600-h/2008.04.11+-+828_Relatividade+7.JPG

Engraçadinha disse...

Obrigada por dividir sua experiência. Visitarei o link.

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...