Subscribe:

terça-feira, julho 17, 2007

Ai meus cabelos!!!!

Eu lembro que com uns 4 anos, já tinha sido daminha de casamento umas duas vezes e q Dona Engraçada vivia no salão de beleza fazendo as unhas e escovas no cabelo.
Óbvio como se era de esperar, eu pedia o mesmo tratamento vip. Ela deixava!
Fazia escova aos sábados, quando tinha festa e as unhas, como tinha dedinhos minúsculos, a manicure só pintava. E nada de vermelho com aquela idade.
Heeelloooouuuu!! Eram os anos 70!!
Ia prá festa me sentindo gente, porque meus cabelos ba-laaaaan-çaam!

O mais surreal dessa história, é q nessas ocasiões, a gente ia de manhã pro salão (e como estamos falando de uma criança), o cabelo tinha q durar até a noite. Como fazer? Touca meus caros!! Isso, quando minha mãe não inventava de botar aquele bobi de cabelo com espuminha, prá não doer a cabeça na sagrada soneca de depois do almoço!
A mona pensava em tudo, ladies and gentlemen!

Com o tempo, a vaidade foi caindo por terra.
Tempos de adolescência, eu só queria encontrar a imagem certa pro meu rosto e me limitava a cortar o cabelo e brincar com química.
As unhas, só por insistência de mamãe. E ela não insistia muito, convenhamos!

Na fase adulta, minha vaidade entrou na fase da normalidade e recebeu um pouco mais de atenção, por conta de Engraçadão q um dia disse a boca miúda, q achava bonito mulher de unhas feitas. Até então eu achava desnecessário.
Mas hoje, trabalhando como secretina, reconheço q é importante estarem tratadas. Ok.

Quatro parágrados, prá dizer apenas, q como mãe de menino, nunca passou pela minha cabeça, q filho meu se preocuparia com visu. Tolinha eu não?!
Com um pai quase metrosexual, q passa religiosamente hidratante no corpo depois do banho, desodorante em abundância e perfume ídem, de onde eu tirei essa idéia q filho nosso não seria vaidoso? Deve ter sido do cu...

Pacoteenho, inteligente, lindo, gente boa como é, ainda é observador e antenado.
Do alto de seus 4 anos, se liga no mundo da música, gestual dos cantores, cabelos, roupas e afins. Adora guitarras barulhentas, aquela voz gritada das músicas... Nada passa despercebido e quando ele tem alguma dúvida, pergunta sem hesitar.
Não é à toa q admira nomes como Linkin Park (sua banda favorita), System of a Down entre outros barulhentos. Vcs vão dizer q isso é influência minha.
Em parte é. Mas o q vcs não sabem, é q eu só passei a ter coisas dessas bandas, por influência dele.
Ver na tv e achar legal é uma coisa, começar a baixar tudo na internet e infernizar a vida dos amigos prá te conseguir o tal CD, já é outra coisa!
Como em B.Y.O.B, do S.O.A.D., por exemplo. Ele via o clip e parava tudo q estava fazendo. Daí, eu fui correr atrás do CD.

Um dia, ele me disse q não queria mais cortar o cabelo, prá ficar cabeludo igual a um baterista de determinada banda q não me lembro mais. Nós deixamos. Eu... nem se fala! Acho o cabelo dele lindo, queria q o meu fosse igual e quanto maior fica, mais lindo ele fica. Fica com o rosto adequado a sua idade.
Mas nada exagerado, tipo corte Jesus. É um grande q não é tão grande, entende?!

Explico:

Essa foto foi tirada em maio/2007

Não tava enorme, mas grandinho o cabelo!
Até q de um tempo prá cá, ele acompanhando os jogos do flamengo pela Tv, sismou com Léo Moura.
Léo Moura, é aquele bicho esquisito, q tem na cabeça uma crista de galo um corte moicano. Acho q ele é atacante ou sei lá o q, porque eu sou flamenguista mas não me prendo a detalhes...
Desde a vitória sobre o botafogo, talvez antes, Pacote sismou q queria cortar moicano. Daí, nós vamos embromando o moleque desde então!

Mas chega uma hora q não dá mais né?!
E o cabelo dele tava tão lindo. Fora de corte admito, mas tava lindo!


Versão deitado.

Agora versão de pé!


Ele dizia q queria cortar, mas toda vez q eu dizia q estava tãããão liiiiindooo, o assunto morria. Enquanto isso, eu cortava só a franja, mesmo sabendo q a hora da verdade chegaria.
Então, eis que dois eventos se sucederam!
Um, foi ele ver apresentação do Linkin Park no Live Earth e se deparar com o guitarrista, ou baixista com moicano e o Chester q é o vocalista q ele ama, com o cabelo recado.
O outro evento, foi a opinião de Oráculo, q old fashion como é no quesito cabelo, falou prá ele q já tinha passado da hora d'ele cortar o cabelo. Então, ele voltou de lá boladíssimo com isso!

Meti a viola no saco e joguei a toalha! O cabelo é dele, não meu.
A princípio, ele passaria máquina 6, o q já me dava calafrios, mas para minha surpresa, olha como ele voltou do barbeiro:









E como tem personalidade esse meu filho!! Eu fico surpresa, porque se fosse eu, não sairia na rua... não saberia sustentar muito bem, minha decisão. Mas ele não!
Pacote estufa o peito e sai. E o mais surpreendente, é q arranca elogios por onde passa! Eu nunca ia imaginar essa parte dos elogios!
Nesse dia, ele estava indo a um aniversário e segundo Engraçadão, foi a sensação da festa!
Na escola, resolveu também ir de moicano e até a professora elogiou.
Eu só pisco repetidas vezes e repito: Whaaat????
Como isso é possível? E lá vai ele... todo pomposo, confiante, pedindo:

Mããããeeee! Passa gel?







Dona Redonda toca: Krawling - Linkin Park (essa nem é a música favorita dele, mas... whatever!)

1 comentários:

Erika disse...

rsrsrs.. que bonitinho.

Mas o que eu fico mesmo impressionada é como estes garotos hoje em dia têm opinião e gostos proprios, né?
Será que sempre foi assim e na minha época que a gente era tolhido?

Sei lá... só sei que acho um barato.

Ficou liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindo Engraçadinhozinho rsrs..

Beijos

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...