Subscribe:

terça-feira, agosto 13, 2013

REPORTAGEM, PRODUÇÃO E ROTEIRO

 
Quando iniciei o curso de jornalismo, já tinha definido na minha cabeça que trabalharia num jornal e me tornaria um Arthur Xexéo de saias. Estava muito muito claro, não fosse o convite para trabalhar na TV da universidade fazendo programas.
A ideia era, claro, chegar ao Rock in Rio 2013 com alguma bagagem, mesmo não tendo ideia de que tudo isso fosse possível.
 
Já tinha vivência em frente às câmeras como apresentadora. Em 2009 gravei um piloto chamado A La Carte TV, inspirado no blog Mulheres A La Carte do qual fazia parte e o gostinho de ser apresentadora me deu água na boca. Outra, me deu a certeza de que nasci pra fazer isso. Mais e melhor que Adriane Galisteu ou uma Luciana Gimenez da vida e não confunda com uma pessoa cheia de si, arrogante se sentindo. Não é isso. Está em mim, eu sei!
 
Não gaguejo e quando a luz da câmera acende e aponta, eu sou a mesma que você conhece. Eu não mudo, eu não tremo, ainda que as pernas estejam bambas, o que sempre acontece.
 
Fato é que conseguir trilhar esse caminho já é mais difícil. Uma saída, além da roteirização é a produção. Coisa que uma pessoa com meu histórico de ex-secretária pode querer correr, dada a semelhança em alguns aspectos do trabalho.
 
A produção e a roteirização é uma boa saída pra quem quer trabalhar em TV e não se vira bem ou morre de vergonha de aparecer. Dá notoriedade sim, desde que o sujeito seja bom. Isso, aliás é uma regra pra qualquer carreira. Você se destaca naturalmente se há entrega e ama o que faz.
 
Eu amo várias coisas, desde roteirizar até apresentar. A parte de produzir, enxergo mais como um meio para estar inserida no ambiente TV caso os outros dois falhem. Tá bom, vou te contar a diferença:
 
  • Apresentador e Repórter - O apresentador ou âncora, permeia todo o programa. É o mestre de cerimônias. Apresenta o programa do início ao fim e divide os blocos com o repórter. O repórter é responsável por uma parte da matéria que vai ao ar no programa. Ele pode ou não aparecer. Às vezes, o que aparece em determinadas matérias, são a voz e o braço do repórter apenas, apesar de a ralação ser intensa para ambos.
  • Produção - Se você foi secretária um dia na sua vida e gostava do que fazia, certamente se realizaria como produtora. A produção faz acontecer. Ela agenda coisas, verifica equipamento, corre atrás de conseguir o entrevistado e em caso de matéria de campo, vai atrás dos personagens que ilustrarão a história. A produção também se assemelha a um carro abre-alas, porque ela consegue facilitar os caminhos que a equipe vai trilhar. Te dou um exemplo: No meu último trabalho em produção, gravado na praia do Arpoador para campanha Lixo no Lixo, Rio no Coração, consegui que a repórter gravasse no posto da Praia. Tive que falar com comandante dos Salva-vidas, com o dono do posto e quase com Deus para botar equipe de reportagem pra dentro. Mas a ideia de conseguir essa locação me pareceu apesar de óbvia, ao mesmo tempo um desafio, já que eu sabia que não seria fácil entrar com equipe ali. É, vocês sabem como é minha relação estreita com desafios!
 
  • Roteirização - Gosto muito dessa parte. O roteiro é o que repórter, âncora (se aplicável) e produção vão seguir para compôr a matéria. Ultimamente uma coisa tem me deixado de cabelo em pé. O bando de candidato a repórter que não escreve. A galera simplesmente se preocupa com o visu, em ficar bem no vídeo, em ter uma boa dicção, mas ignora essa parte. Nem uma linha escrevem. Pode isso, Sílvio (Santos)? Não pode né?! E nessa hora eu confesso, deito e rolo. Porque tenho o péssimo hábito de ser centralizadora. Devo admitir também, que as boas ideias nem sempre vêm da minha caixola. No entanto, de posse do Briefing, opero maravilhas!
 
Ciente destas informações, fica mais fácil decidir o que fazer, o que escolher.
Pois é, como eu sou meu próprio inimigo, escolho sempre o mais difícil. A parte de reportagem e apresentação. Difícil porque estou começando véinha, apesar da minha cútis.
Que o mercado não seja cruel comigo, porque talento eu tenho.
Amém.

5 comentários:

Morena disse...

BOOOOOOOOOOOOOM post explicativooo agora n pergunto mais!!!

Boa sorte com os desafios! Dedos cruzados por aqui


BJos

Tutti disse...

Amiga, talento nós sabemos que você tem, agora só precisa de uma porta entre-aberta para que se esgueire por ela. Quem sabe um estágio na GNT ou num desses canais jovens? Sua "cutis" ainda está ótima para enfrentar esses desafios. Coragem eu sei que você tem!

Magui disse...

Preparar-se para tudo é bom mas a vida, muitas vezes , nos conduz sem que percebamos. Torço para vc chegar onde quer.

Anônimo disse...

Parabéns querida. Torço por você.
Beijocas
Yvonne

Lulu on the Sky disse...

Engraçadinha,
Há muito tempo atrás, eu fiz um curso gratuito de roteiro de tv e gostei muito.
Tenha um ótimo dia!
Big Beijos

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...