Subscribe:

quarta-feira, julho 31, 2013

UM BLOG SUBVERSIVO - POST DEDICADO A DEBBY

Que esse blog era de baixo calão, eu sabia.
Que esse blog era escroto, também sabia.
Que era um blog barraqueiro e panfletário, sabia mais ainda!
O que eu não sabia, era que se tratava de um blog subversivo.

Veja bem vocês, meus queridos 5's leitores! Eu tenho 3 fillhos. Juro que foi da maneira convencional e tudo o que eu pretendo aqui, é achar uma maneira de educá-los de forma decente.
Só que as pessoas leem.
Elas se identificam, porque vivem realidades semelhantes e das quais não conseguem fugir! 
Eu sei o que é isso.
Eu também não consegui fugir às responsabilidades.
E se a gente trepou com o marido e só por causa disso a gente fica grávida, não significa que eu vá fugir a elas! 
Tipo então, tem essa leitora né?
Tipo, super querida, fofa, linda, de uma alma sublime sabe? Daquelas que eu queria ter uma... tipo, parecidinha ao menos, teve esse lance também.
 
De trepar com o marido. Aí, a gente fica grávida assim, tipo, do terceiro filho... ou aaa.
E ela tipo não é rica, tipo que nem eu que não sou rica também e se vê nessa situação.
Mas tem a palavra, o senso de responsabilidade, tipo não tem UM PUTO que nem eu também, mas tem outras qualidades né? QUE ÉÉÉ?

 
E a Debby é tipo, linda, fofa, tem uma vida de mãe e profissional do mercado de trabalho veja que não é descontinuada que nem eu! e ainda sim foi chamada de MAAAALUUUCAAAA! Oras, me diga você, querido leitor! Defina maluquice nos comentários logo abaixo.
 
A pessoa é sensata. Sem querer levantar bandeiras, nossa querida leitora tem tutano. Ela conhece amor e tem fé. Porque não há galho, nem maldade, nem bem aventuraça que não seja rastreada pelo Altíssimo. E é Altíssimo mesmo, porque o que Ele vê de coisa não é brincadeira, haja vista que tirou o véu da ignorância de milhões e promoveu a onda do gigante que acordou!
Ah sou doida?
Sou não. Eu acho que tudo tem um propósito que vai enriquecer nosso espírito. Pelo sim e principalmente pelo não, temos a oportunidade de evoluir. Quando a gente acha que está sozinho e não vai ter jeito, sempre arcamos com as nossas escolhas e crescemos de uma forma ou de outra.

Filhos são bênçãos, aprendizado e exercício de amor abnegado. 
O que é que eu ia preferir? Pela dor ou pelo amor? Só um tolo escolheria pela dor. Porque claro, sempre temos a escolha. E escolher sabiamente é um privilégio. 
Até a dor do amor dói menos.
 
Então Debby, a parada é a seguinte, somos loucas? Somos loucas sim. Porque a gente leva o negócio do amor, muito a sério. 
Acima de nós mesmas!
E fim de papo.

4 comentários:

Deborah disse...

Mesmo sabendo que este não é necessariamente um blog materno, acaba que não tem como não ser. É blog de mãe e mãe fala de? de? de filhos, oras!! Quando me descobri grávida do terceiro e fiquei apavorada, assistindo o desmoronar de todo o meu planejamento deste e do próximo ano, lembrei de você e corri pra te ler.

A gente se conheceu quando você tava grávida da Lola (a número 3) e eu do Bernardo (o primeiro). Nossa vibe era super outra: Você doida pra gestação acabar logo, cheia de dor na coluna e eu querendo curtir cada minuto sem pressa, mó bem disposta. Você falando de como demorou pra se aceitar nesse processo todo de novo e eu dando duplos twists carpados, pensando que amaria passar por tudo de novo. Sempre respeitei o sentimento, mas nunca havia entendido realmente. Precisei passar por 1, por 2 até chegar no terceiro filho pra entender o que você quis dizer, inclusive com a dor na coluna. rá!

Daí, sabe o que aconteceu? Fiquei em paz. Porque já conheço a levada da historia: O casal com 3 filhos fez puxadinho de cama, trocou de carro, mudou a jornada de trabalho, SE VIROU MUITO e apesar da vida ter mudado, a família ganhou mais uma fonte de amor inesgotável e incondicional, assim como foi da primeira e assim como foi da segunda.

Devorei um post teu daquela fase, e outro e outro e quando parei de ler, já estava pensando: "Preciso ver com a Flávia o tel do moço do puxadinho da cama" e saí cantarolando. <3

Mais uma vez, SUPER obrigada! ;)
Bêjas

Engraçadinha disse...

Tem q ter fé e confiar, acima de tudo. Porque tudo passa e a grande recompensa além do amor, é o aprendizado que a gente recebe.

Anônimo disse...

Lindíssima, continua no seu caminho. Você é dez.
Beijocas
Yvonne

Lulu on the Sky disse...

Me divirto cada vez que eu venho aqui. Sucesso pra vcs duas.
Obrigada pela visita e comentário.
Big Beijos

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...