Subscribe:

segunda-feira, abril 25, 2005

CONFISSÕES


Nesse feriadão fui encontrar minha primeira amiga de infância de que tenho lembrança.
Era mais alta que eu e tinha um jeito de mandona. Tinha sardas no rosto e um narizinho arrebitado.
Olhando com os olhos de hoje, vejo que ela era encapetada mesmo e eu? Criada para ser a princezinha.
Batíamos de frente sempre, mas não nos desgrudávamos. Era uma relação de amor e ódio entre duas crianças de 4 anos em diante.

Eu como filha única, só tinha a ela p/ brincar, portanto cedia sempre e me desculpava até quando estava certa.
A Vany tinha uma irmã mais velha, a qual eu adorava, porque era fofinha e tinha um gênio completamente diferente do da Vany. Era sensata, mais velha que nós duas e tinha nosso respeito, embora não conseguisse evitar que as merdas acontecessem.
Lembro que onde morávamos era perto da favela e a Vany já havia arrumado confusão c/ a negada toda. Ela era a única branca do pedaço, de modo que quando me mudei p/ lá, todos que se davam comigo diziam que ela era metida. Certamente por ser branca e por ser marrenta como era.
Hoje eu entendo que aquilo era defesa. Imagina se ela tivesse uma postura mais subserviente como a minha, isso independente de cor, neguinho ia jantá-la literalmente. E ela era exatamente o contrário. Podia estar sendo jurada de porrada, que devolvia o insulto na mesma hora, combinando hora, local e golpes que usaria. Ela não ficava por baixo. E eu admiro muito essa postura nela, porque eu tive que sofrer um pouco para aprender a me defender. E nem sei se aprendi de fato...

Pois bem, comecei essa história toda só para contar um fato hilário que aconteceu c/ a gente e que toda vez q a gente lembra, rola de rir, porque foi hilário mesmo, de verdade, prá chuchu à bessa!!!!!!!!


A HISTÓRIA


Não lembro quantos anos eu tinha quando a Eva casou.
Lembro que eu fui dama de honra e a Eva, morava na favelinha, mas láááááá no alto. Era funcionária da Faet e com o casório, poderia melhorar um pouco de vida. Ia morar mais embaixo e isso significava quase mudança de "casta" p/ quem mora no morro.
Geralmente embaixo ficam as casinhas melhoras (pelo menos nos anos 70 era assim...)
Era uma negona c/ o cabelo de henê preto, na altura do ombro, com os olhos bem claros. Era muito bonita a Eva. E estava super orgulhosa com a mudança que sua vida estava sofrendo.

A casa por fora era de tijolo, mas os que foram visitá-la, juravam que era casa de boneca. A Eva estava deveras radiante.
Com razão.
Ah! Onde eu e Vany entramos nessa?
Eu morava na casa de baixo. Uma casa que eu achava que era enoooorme. Também... eu era pequetucha, pequetucha. Tudo p/ mim era grande naquela época. Eu tinha mais de 5 anos, mas não lembro com exatidão quantos anos devia ter.
A casa da Vany ficava em cima da minha. Era minúscula, mas tinha uma lage que era nossa alegria. A lage da casa dela era o teto da minha, então p/ duas crianças cheias de energia, aquilo era o paraíso!
Depois da escola brincávamos até escurecer ali. E a frente da lage dava para a rua. O lado esquerdo da laje, dava p/ a favelinha onde a Eva morou (a gente via a escadaria e algumas casas, vaivém de pessoas...) e a diagonal esquerda da laje, dava p/ a janela do quarto da casa nova da Eva. A frente da casa da Eva dava p/ minha rua, cuja primeira casa era a minha. O que separavam as duas era um muro e a escadaria.

Um belo dia de falta do que fazer, eu, Vany e irmã estávamos tentando arrumar algo p/ brincar, quando de repente a Vany atirou uma amêndoa que bateu na janela da Eva. A Eva devia estar trabalhando, mas um lado da janela de seu quarto estava aberta.
Deixa eu contar primeiro como era o lance das amêndoas.
De ambos os lados da frente da casa, tinham duas amendoeiras gigaaaantes. Uma de uma lado e outra do outro e as duas se encontravam na laje.
Geralmente, a laje era repleta de amêndoas no chão, daí surgiu a brilhante idéia da Vany.

VANY - Uaaaauuuu! Tive uma idéia brilhante!
EU - Conta.
VANY - Vamos ver quem acerta mais amêndoas pela janela??
EU - Vambora.
VANY - Aposto que eu ganho! (e taca uma que entra pelo quarto adentro)
EU - Se vc ganha eu não sei, mas que eu vou acertar, ah isso vou! (E taco outra amêndoa q acerta janela adentro indo parar na cama da Eva)
JAQUE - Isso não vai dar certo...

A cama da Eva, estava coberta por uma colcha branca rendada. Um primor!

As amêndoas que estavam no chão perto da gente acabaram, de modo que a gente começou a fazer a limpa na laje. Íamos conversando e tacando amêndoa dentro da janela da Eva, sem contar quem estava ganhando e sem nos darmos conta que a merda poderia feder. Coisa de criança mesmo!

A gente nem vislumbrou a possibilidade de sermos chamadas atenção, de castigo, de surra, de escândalo, apesar das advertências da Jaque.

Por fim acabaram-se todas as amêndoas da laje. Ficou tudo limpinho. E todas a essa altura jaziam em cima da cama da Eva.
Na verdade, ela ganhou uma colcha de amêndoa.

Antes de escurecer eu desci e Vany entrou c/ a irmã, sem nos ligarmos na merda que aquilo ia dar...

Estava eu no quarto da minha mãe que acabara de chegar do trabalho. Quando ela chegava eu fazia festinha que nem cachorrinho c/ a chegada do dono.
Estávamos as duas no quarto conversando quando de repente...

EVA (Com metade do corpo p/ fora da janela berrando a plenos pulmões) - FILHOS DA PUUUUUUTAAAAAA!!!!

E tacava as amêndoas para fora da janela, completamente ensandecida quase acertando a multidão que começava a se formar embaixo de sua janela (de um lado e de outro do muro!!)

EVA - Isso é inveja, desses filhos da puuuuta!! Porque eu casei, porque minha casa é bonita, tááááá?! Filhos da puuuuuuta. Se eu pego! Mas eu vou contar pro meu marido, que vai encher esse sem-vergonha de porrada. Fiiiiilhos da puuuuuuuta!

Eu?? Eu estava no quarto, completamente petrificada, com os olhos aregalados e o cu mais apertado, do que sapato dois números menores que o tamanho do seu pé! Minha mãe chegou na janela e proferiu um " Cruz-credo!"
Eu ainda tive sangue frio (é... porque tremia muito) de perguntar o que estava acontecendo e minha mãe me explicou a história das amêndoas (como se eu não soubesse).

Até hoje minha mãe não sabe quem foi.
Nem a Eva.
Nem o marido da Eva.
Já na casa da Vany...

MÃE DA VANY - Vany! Fala a verdade. Isso tem ou não tem dedo seu???
VANY - Ãh! Hein mãe? Eu... errr. Eu não. Fui eu não (com aquela cara de safada, sem-vergonha que tem culpa no cartório)
MÃE DA VANY - Vany, eu tenho certeza que isso tem dedo seu. Pode falar que foi vc que essa sua cara não me engana.
VANY - Foi sem querer mãe...

Bom, ela ficou de castigo.
E eu ainda sou a inocente da história.
Foi bom lembrar disso.
É... eu fui uma criança normal.
A Eva depois teve um filho, mas nunca mais deixou a janela aberta.





Bj na bundaaaaaa!

20 comentários:

Lady Metal disse...

Nem fiz taaanta merda assim quando era criança. Eu só parecia uma fruta madura, caía à-toa!

Michael Meneses disse...

Em qual quer cando que chego so visto como metido:
Metido a besta.
Metido a barroso.
Metido a rock.
Metido a gostoso.
Metido a fodão.
Medido a ter memoria de elefante.
Metido a ser metido.
Metido a tudo iso e muito mais...

Como é o nome do garoto que acompanha a dama de honra?
Eu fui 2 vezes nas duas eu tinha 6 anos e tava banguelo por isso eu não podia ri nas fotos.

...Continua...

Engraçadinha disse...

É Pajem.

MICHAEL MENESES disse...

Contiuação...

Teve épocas da minha vida que comia tantas amêndoas que meus dentes ficavam roxos.

Fiz muita merda fedorenta!!
Algumas fedem até hoje.

Diz uma coisa nessa foto vc TÁ comendo amêndoa?

ABRAÇÃO.

Claudio disse...

Pois é, o que mais me sensibiliza é que as crianças de hoje em dia (nossos filhos, netos, sobrinhos, etc) terão um espaço geograficamente restrito, em vários sentidos, para darem vazão a sua imaginação, criatividade, energia e traquinagem.
Precisamos mudar isso !!!

P.S. Vou gravar o CD dos MUtantes para vc. Não esqueci não !

Tatan disse...

Ainda bem que foi só amêndoa... Já pensou se fosse caqui? Ia dar muito mais merda!!! huauhahua

MICHAEL disse...

Se fosse em Aracaju/SE, seria com cocos e claro com Cajú.

ABRAÇÃO

tio gu disse...

Que medo... hehehe
E aí? Continua jogando muitas amêndoas nas janelas dos outros?
Bjs

Juliana disse...

rsrs só tem vc, viu? Ei, e que história é essa de discriminar os não-cariocas? Nem foi encontrar eu e Dani, né? :P Bjo, doida

filipensses disse...

Essa foto tá engraçadíssima...e Michael, tu é muito metido mesmo, rsrsrs...principalmente nesse quesito "memória de elefante", rsrsrsrs...será que é por causa do cheiro que vc adquiriu essa mania estranha de fotografar as fezes???rsrsrsrsrs...(de repente tu achou q o cheiro ia sair na foto, sei lá, hehehe...)

PS: Esse micro da foto não é um Compaq? Parece ser igualzinho ao que eu uso no trabalho...nem aqui eu me livro dele, rsrsrs...

Drika Scannell disse...

Primeiro,
CARAIO Q FOTO EH ESSA?
To morrendo de rir...mal consigo digitar!!!!

Depois (continuo me matando de rir). AMENDOAS? JANELAS?
auhuauhahuahuahuauhauhauhhau

Vc demorou a postar, mas foi otimo ter de esperar!!!

Michael Meneses disse...

Bonitas garotas essas das fotos do mural.

Beijos para elas

Claudio disse...

Os seus comentários são sempre pertinentes e interessantes de serem lidos. Geralmente provocam debates dentro do próprio debate, o que eu adoro.
Mas eu só acho que o filme foi um pouco superficial, por quais motivos não me atrevo a especular.
Foi muito sentida a falta do personagem do Ney Matogrosso, por exemplo. Uma vez que o namoro deles foi notório.
Algumas coisas ficaram meio fora de sintonia...
Mas deu o filme deu recado.

duellio disse...

Nossa como vc é má...rs..rs.. Tenho tantos desse mistérios indecifráveis que se colocar metade no blog, acabo com minha vida social heheheheheheh Beijão....

duellio disse...

Nossa como vc é má...rs..rs.. Tenho tantos desse mistérios indecifráveis que se colocar metade no blog, acabo com minha vida social heheheheheheh Beijão....

Dani disse...

Meu Deus!!! Vc deixou sua amiga levar a culpa sozinha?!!?!? Q MALVADAAAAAA!!!!!!!
Ae, depois me manda o numero do seu celular q eu nao tenho mesmo!!! Vc respondeu o email mas nao colocou o numero!!! (estamos apostando quem eh mais mongol?!!?ehehehehe)
Beijos, Dani

*-*Ci*-* disse...

eu tava lah no outro blog e corri p cah...
~*~*~*~*~*~~*~*~*~*~*~*~*~~*~*~*~*~* *~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~* *kiss*...................*kiss*__ um
*kiss*................*kiss*___grand beijo
*kiss*............*kiss*__ com muito krinho
*kiss*.........*kiss*__ hihihihihihi
*kiss*......*kiss*__no seu coração !!!!
*kiss*...*kiss*__o seu cantinhu e muito show!
*kiss**kiss*__tah d + parabéns !!
*kiss*...*kiss*__ continue sempre assim
*kiss*.......*kiss*__... e siga sempre feliz !
*kiss*...........*kiss*__ Tenha uma semana...
*kiss*...............*kiss*__ ...incrível!!!
*kiss*...................*kiss*__ Beijos... /"(*.*)"\ Ci /"(*.*)"\
~*~*~*~*~*~~*~*~*~*~*~*~*~~*~*~*~*~* *~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*~*

PARAYBA disse...

"KISS" LEGAL!

Juliana disse...

Kd tu, criatura? Bjos e uma ótima quarta-feira!! :D

Anônimo disse...

toba boa amiga!! que boca é essa??! bem sujestivo rsrsrs

bjss da cachorrona...

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...