Subscribe:

quarta-feira, julho 13, 2011

E na terapia...

Daí que finalmente chegou a bendita segunda feira em que eu daria início a terapia.
O povo que me acompanha q nem novela desde 2004, sabe q eu não sou uma pessoa rasa, nem complexa demais. Sabe também que não sofro de graaaandes problemas - é q as pessoas associam terapia a problema - na verdade nem tenho mesmo probleeemas. Tenho mais é trabalho de sobra e ando cansada. Muito aliás!


O lance é que faz tempo, sinto vontade de fazer terapia. Sentar ou deitar no divã e falar sobre mim sem ressalvas, sem ser julgada, com quantos palavrões quiser, metendo o malho quando tiver q meter, chorando quando tivesse que chorar, falando coisas que ofenderia o mais pudico dos católicos, confessando coisas q mãe e pai condenam, principalmente no que diz respeito a família católica brasileira - tão cheia de regras, tão hipócrita!

Tenho uns abismos dentro de mim e por isso, para descê-los, decidi começar de sopetão. Peguei a indicação com a @PripaRJ querida (aquela menina feia, ruiva do olho azul q perdeu no concurso Garota da Laje Bonsucesso 2011 - ahaso logo!), e nem quis saber tanto assim da terapeuta em questão, fui lá e pronto!

É em Botafogo o consultório. Tudo muito simples, muito fofo. Prédio de 3 andares, caprichoso, de escadas, daí q quer me foder é me soltar em Botafogo né? Eu nunca sei se saio pra lá ou pra cá no metrô. Só segui minhas anotações e fui andando. Quando já estava em cima da rua praticamente, resolvi ligar e a médica disse q era ali na esquina q se afigurava diante das minhas fuças! Fuén!
 
Cheguei com 15 minutos de antecedência e ela abriu o portão. Não sabia se subia as escadas... se esperava no térreo... subi. Não sabia se tocava a campainha... se aguardava no corredor, onde um banco de madeira convidativo me chamava para sentar... resolvi então sentar e twittar, porque né?

Finalmente a porta se abre e ela sai com uma moça. Bicho, a moça sai fungando e chorando e ela me pede para aguardar mais um pouquinho! Afff!! Mais minutos de convivência com meu cérebro curioso. Será q ela bate? Será q ela vai apontar o dedo no meu nariz e mostrar cada um dos meus cravinhos q só eu enxergo? E ela me chama.
Não, nem adianta que eu não vou contar o que eu disse. Basicamente eu falei de trabalho e projetos para o futuro. Falei sobre escolhes profissionais, tá bom assim? Nada que seja da conta de vcs, meus queridos 5's leitores.
 
É q eu travei há algumas semanas. Estava morrendo de medo de escolher o que eu quero ser quando crescer... de novo... é, ainda! Daí que achei q uma boa terapia me ajudaria a desempacar. E ajudou mesmo. Vou optar pelo prazer ao invés da obrigação, que pasme, eu nunca escolho desse jeito, mesmo que eu faça parecer o contrário! Talvez eu acabe encontrando prazer naquilo que faço, mesmo quando não é o que eu queria. #SouPhoda resume.
 
Então conversa vai, conversa vem, eu suuuuper esquizofrênica tentando fazê-la entender meu universo... eu parecia mais um projeto de porra afoito, sendo gozado, voando, tentando chegar ao útero em primeiro lugar. Nem sei como a coitada me entendeu! Ela deve ter passado um filtro poderoso q jogou 99% da esquizofrenia fora e desses 1% q ela ficou, já deu para passar uma tarefinha de casa.


Como Engraçadão vai religiosamente ao futebol e tem um tempo só para ele, eu devo cumprir esse meu tempo também. Confesso q o meu não tem sido tãããão religioso... o meu está mais para quinzenal... mensal... ao invés de semanal! Culpa de ninguém. Aliás se tivéssemos que encontrar o culpado, eu poderia dizer q a culpa é do F.D.P do chefe dele trabalho dele que sabotou, não intencionalmente, meus horários!

Combinado então! Ontem decidi ir ao cinema. Só eu comigo mesma. Quase desisti porque no horário que eu desceria do tronco, já não tinha nada tão legal. Só aqueles blockbusters tipo... Transformers (q eu vou com o Sr. Cabeça de Bolinha nas férias), Carros (q eu vou com Pacoteenho nas férias), Woody Allen (q eu não estava afim), Cilada (q eu quero ver com Engraçadão nas férias), ou seja, para eu ver sozinha comigo mesma, foi quase uma missão impossível. Até que encontrei um filme no horário das 20h, em Botafogo (será q eu vou querer me mudar para Botafogo e abandonar minha Tijuca?) com aquele menino que fazia o ativo (piada roubada de uma colega de tronco!) em O Segredo de Brokeback Mountain, lembram? O q ainda está vivo. Pois então, se chama Contra O Tempo. Eu tinha visto o trailler quando fui assistir Piratas do Caribe e achei legal. Daí que me aventurei. A resenha faço outro dia.

O problema é que resolvi mudar a tática da dieta também. Mais uma vez, dona Pripa fazendo influência de com força na minha vida. Me emprestou o livro da dieta das notas onde se come de tudo, atribuindo um valor (que não é Kcal aos alimentos), enfim, ontem estava pobre. Não podia sair nem 1cm da dieta. Passei escondida da seção de pipocas e não é que um casal de cornos gordos sentaram bem do meu lado com a aquele cheiro me entorpecendo?! Gente mal educada, nem para oferecer um pouquinho. Mas o pior mesmo foi eu levantando da sessão para fazer xixi, ouvindo os funcionários do Cinemark gritando Coooorreeee!

 
O legal de ter respeitado a regra de sair sozinha comigo mesma, foi que quando cheguei, depois do banho, depois de jantar, senti um enorme prazer em fazer sexo saliente com meu digníssimo Engraçadão. Não foi uma rapidinha, nem foi uma demoradinha, foi uma intermediária prazerosa, com gosto, bacana sem aquela sensação de obrigação que muitas vezes a gente se impõe. É... mulher se impõe a várias coisas em prol da felicidade, do amor, do prazer e da consciência tranquila.

É. Enganou-se quem pensou que nessa vida as coisas boas não acabam em sexo!

Aliás, semana que vem, na quarta feira estarei de férias com Engraçadão. Sou capaz de jurar que se não estivesse ligada, correria o risco de engravidar de novo, porque dessa vez, o Rio de Janeiro vai tremer e Engraçadão não brinca em serviço!

=P


8 comentários:

Morena disse...

Bom ler a felicidade das suas linhas!

Acho que terapia sempre faz bem, foi como vc disse um momento só seu p vc fazer o que bem entender, falar do que der na telha!

E eu nem sei que filme é esse! Engraçado como Botafogo sempre me chama tbm! rs

Beijos saltitantes
Boa semana

Pitanga disse...

Terapia faz bem... eu faço há algum tempo. O chato é que agora, meu psicólogo e eu, chegamos naquele "nível de intimidade" em que eu tb tenho que ouvir e compreender ele. rsrrs

Hum, sexo também faz muito bem.

Ma Albergarias disse...

Férias.
Quanto tempo que não sei o que é isto.

Fernanda Freitas disse...

Senti inveja profunda da "uma intermediária prazerosa, com gosto". Porque, né? Chega uma idade que não se é mais solteira por convicção e anda fazendo falta... Será que vou ter que encarar a terapia (de novo)?

Lulu on the sky disse...

Que bom que está fazendo terapia. Isso ajuda e muito. Aproveite as férias e se joga com Engraçadão.
Big Beijos

Michelle disse...

Pela primeira vez venho ler seu blog..primeiro: como vc arranja tempo para escrever isso as 15h ??? alow preciso aprender a tática.. ;)
Tirando td isso...vc escreve mt bem...quem sabe assim um dia e outro....mas talvez não sei quando vai ser o outro ...(brincadeira) eu venha te visitar e pode acreditar...já gostei e tenho certeza que vou gostar!
ps.: to achando que vou ler mais um livro...hahhhaha

Dani Antunes disse...

Eu só queria essa coragem... Deixa quieto.
Você vai dizer de novo pra mim que não
precisa ter coragem. Precisa ter força de
vontade. Em partes, eu concordo. Mas, e o
lado "não sei se quero admitir tudo o que eu
já sei", hein? Onde fica? Porque eu com
certeza serei mais uma a assustar novos
pacientes do tanto que eu vou chorar no dia
em que eu sentar num divã.
Das coisas que preciso na minha vida:
encontrar uma diretriz religiosa. Um centro
espírita, uma igreja... Qualquer coisa. Tô
precisada de ficar mais perto de Deus,
depois de tantos anos "na minha". Te disse
isso não tem muito tempo, né? A outra
definitivamente é a terapia. Você não é a
única pessoa que acha que eu preciso. A Dani
Antunes e a Daniele acham também. E aquela
terceira também.
Agora, falando de você, tua primeira sessão e
tu já tá com essa cara ótima! Tô começando
a criar coragem só de te ver assim, juro.
E, é como eu te disse outro dia: Vá, fale,
exorcize demônios, aceite, tente perdoar...
Analise e seja analisada.
E, o principal, seja feliz!
Beijo

'Lara Mello disse...

Tô louca para voltar com a terapia também.. E dizem que esse filme é muito bom! :)

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...