Subscribe:

sexta-feira, setembro 23, 2011

ROCK 'N RIO IV - EU VOU... PARA BÚZIOS!

PARA QUEM?

Me abstive até o presente momento de me pronunciar a respeito do Rock 'n Rio IV porque tinha esperança. Dinheiro não, mas esperança de que as coisas mudassem. E eu só queria entender que raio de estratégia de marketing é essa? E peço, se tiver algum letrado na área lendo essa joça, que me esclareça.

Mais uma vez recorro ao recurso do mini-flashback pleease!

MINI-FLASHBACK PLEEEASE INICIANDO! 
Quando teve a primeira edição, claro não pude ir e isso tem tanto tempo que eu nem lembro quantos anos eu tinha. Se eram doze ou dez ou onze anos, não necessariamente nessa desordem! Sei que meus pais foram e eu, dentre as minhas amigas, gozava com o pau alheio, porque os MEEEUS PAAAIS eram os únicos que não eram caretas e foram.

Meu pai ter ido, Ok. Meu pai tornara-se alguém que curtia genuinamente rock e trazia isso pra casa, embora eu ainda achasse barulhento demais; Já minha mãe era minha veia pop e foi na onda. Não junto com ele. Aliás, eles foram separados apesar de casados.
Foi o desbunde, foi a doideira e eu achei o máximo segurar o convite de verdade nas mãos, naquele quarto deles que tinha um jardim de inverno, onde eu costumava tocar cítara. Adorava aquele apartamento...

Aí veio a segunda edição e eu estava em crise. Já com 18 anos completos, fim de um relacionamento, meu primeiro amor perdido. Foi com esse primeiro amor que me enfiei no meio do Maracanã de pista, louca para ver o Guns 'n Roses que era a doença da época. Não lembro como se deu a questão da compra do convite, mas sei dizer que a maior dificuldade era levantar o dinheiro e não me recordo exatamente se houve problema para comprar o par de ingressos. Não teve. Claro que não.

Assim foi na 3ª edição.
Roberto Medina fez o costumeiro alarde, montou stand de venda em várias lojas espalhadas pela cidade, montou um museu do Rock em pleno Barra Shopping e nesse mesmo museu era possível comprar o ingresso. Eu bati o pé e disse que não ia. Já na terceira edição, o que era um tributo ao rock começou a mudar (Britney Spears, Sandy & Junior - Dani Antunes com nariz no palco esse dia, hein, hein, hein?!).
Ainda sim, se via boas atrações: R.E.M., Red Hot Chilli Peppers, Iron Maden, Neil Young, Foo Fighters, só pra dar o tom. Mas a noite que ficará gravada nos corações e mentes foi o banho de copinhos e latinhas que Carlinhos Brown levou da plateia na noite mais satânica do rock. Falta de semancol dos organizadores e dele próprio, q aceitou cantar p/ tapar buraco na noite onde a plateia estava sedenta por gritar Fear of the dark!
Falando em rock nacional destaco o show da Cassia Eller, foi sua última apresentação que assisti em vida e aplaudi de pé... Naquela época, já há 1 mês do show mudei de ideia ao passar em frente a cidade do rock e ser seduzida.
Comprei o ingresso e me recordo bem, há uma semana do show eu resolvi ir em mais uma noite e comprei meu segundo ingresso. Foi simples desse jeito.

MINI-FLASHBACK PLEEEEASE ENCERRANDO!

Agora eu me pergunto: A 4ª edição é a edição do sofrimento?
Ou depois que o festival virou franquia, os organizadores resolveram sei lá... tirar onda com a cara do brasileiro, achando que marketing bom é aquele q te faz de corno? Me explica que eu ainda não entendi.
Se o foco é unir música e público, por q raios reduziram a área onde aconteceria o show, entupido-o de lojas, roda gigante, mais uma porrada de coisas nonsense (tirolesa) que nada tem haver com música e público? Tipo, vai ter um espaço para plantar árvore... o.O
Não que eu não goste dessas coisas. Gosto sim, num parque de diversões, oras!

Disponibilizam poucos ingressos para o grande público, mas esbanjam esses mesmos ingressos para os patrocinadores. Tem Guanabara, tem Bob's, tem Trident só para citar alguns, fazendo zilhões de promoções com os ingressos do evento. Fora a prefeitura que ganhou ingresso à rodo e terão direito a levar pai, mãe, filho, papagaio, cachorro, empregada e laranja se bobear... Os manés pagantes, tiveram que se foder em fila.

Cara, péraí! Nem eu consigo mensurar o que eu mesma estou escrevendo. Existe um festival, vc quer ir, então para ir, vc vai ter que se foder. Já está determinado desde o início!
Se foder na fila, se foder para comprar o ingresso do ônibus (aquele que a prefeitura vai disponibilizar por R$ 35,00 e que vai te deixar a 3Km de distância do evento - aaah vc não sabia?!) , vai ter que levar lanchinho, porque vão vender o cachorro quente da Geneal (leia-se 1 pão com uma única salsicha sem tempero dentro) a R$ 5,00 ou R$ 6,00 e para beber, o mané vai ter q se virar, porque não pode entrar com lata, nem birita, nem nada líquido na bolsa. Vc vai ter que levar um extra para beber lá dentro e prepare-se, será outro assalto. Hj eu tô toda trabalhada na Fernanda Barraqueira!!
E dá-lhe fila, dá-lhe fila. Isso pra quê? Para ver Claudia Leittttttte, Ivete Sangalo, Ke$ha, Shakira (que hj nem canta mais?)? E a campanha anti-drogas? Vc nem ao menos vai poder se drogar para escapar desse sofrimento. Vai ser direto no toba à seco sem direito a rock, porque isso aí não é rock!

Sinto muito. Não vou.
Aaaah! Existe uma saída que eu não contei. R$ 640,00 vc consegue ingresso para 2 pessoas, o dia que vc quiser. Só tem q ter a grana ou parcelar. Mas aviso. R$ 240,00 é só de taxa administrativa, topas?
Chega na sua casa bonitinho, quer dizer... com a greve dos Correios eu já não posso afirmar que chegue a tempo.
Não, definitivamente não. Tô fora!
Você ainda pode entrar em alguns sites e tentar ganhar nas promoções. Eu juro que tentei, mas sabe? Desisti. Minhas ideias não são boas o bastante para os organizadores. Eu tô velha e fora de forma.
É que eu queria levar o Pacotinho na noite de seu aniversário (dia 02/10) para ver System of a Down, Evanescence e de lambuja Guns 'n Roses cujo álbum Appetite for Destruction (um clássico) ele adora. Mas não deu. Não mesmo.

Então encontrei uma solução! Eeeeureca. Por menos de R$ 350,00 vamos no final de semana de aniversário dele para um Hotel em Buzios, que tem piscina, parquinho, praia particular com toda a família, para celebrarmos seus 9 anos. Ele adorou a ideia do presente, está super feliz e eu também. Sem traumas, sem fila, sem abuso e sem fazer ninguém de palhaço.
Uma saída digna, eu diria e que vai ficar guardado igualmente para sempre em nossas memórias, mas certamente de uma maneira positiva.

8 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com vc plenamente, essa merda vai ser o maior perrengue!

Pra chegar, pra comprar as coisas lá, pra fazer xixi, pra ir embora então nem se fala! Então, eu tb não vou!!! E não vou feliz da vida!!!!

Assisto de casa, no ar, com bons amigos, um bom vinho, queijos pra beliscar!!!
Bjs Renata ex visinha!

Danilo B. disse...

Nunca admirei o rock in rio justamente por causa disso, pq é uma mistura de merda total. Faz bem vc em ficar sussa na beira da piscina tomando a sua cerveja gelada a 2 contos.

'Lara Mello disse...

Adorei o post, concordo com tudo, não vou, não tenho grana, até queria ver algumas bandas, mas né.. Também iria preferir o hotel :)

Crioula disse...

ENCONTROU A MELHOR SOLUCAO!

Lulu on the sky disse...

Pacotinho já tem bom gosto desde pequeno. Antigamente era Rock in Rio, ou seja, bandas de rock. Agora virou essa salada musical que colocam Claudia Leitte no mesmo dia do Elton John??? Como assim??

Assisto de casa e vejo os shows que me interessam.
Big Beijos

Pitanga disse...

Eu tava doida para pisar um dia na minha ilustre vida no tal do Rock n Rio, mas sabe... a cada ano parece piorar.

Claudia Leite? =(
Ivete? (Gosto dela, mas não tem nada a ver com rock)
Bandinhas chororô? Pqp

Roda gigante? Aff...
Cachorro quente à preço de ouro? rsrsrsrs

Não.

Nem pensar.

Meu dinheiro será melhor usado em outras futilidades mais agradáveis (como, por exemplo, ir para o RJ passar uns dias muito fodas perto de 3 malucas que eu amooo).

Beijos, minha amiga.

PS.: Pra não dizerem que eu sou chata, confesso: Red Hot Chilli Peppers mandou bem no show "do rock". Ufa.

Morena disse...

Viajar sempre cai beeeeeeem!!! Foi uma ótima opção e o melhor é que é presente para a familia toda!!!

Mas realmente é um absurdo o que fazem com a gente!

Mas é uma emoção sem tamanho estar lá pertinho do palco vendo os artistas que a gente gosta tanto!!!!

Beijos saltitantes
Boa semana

Fernanda Freitas disse...

E em 2013? Que serão menos... Sei lá quantos mil ingressos? Nesse mesmo é que não vou. Ah, muito franca? Não vou me degladiar para sofrer na multidão. Viva o Multishow!!!

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...