Subscribe:

sexta-feira, janeiro 13, 2012

COACHING OU COAÇÃO?



A Wikipedia ensina

Coaching -> é um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo entre o coach (profissional) e o coachee (cliente) de acordo com a meta desejada pelo cliente, onde o coach apoia o cliente na busca de realizar metas de curto, médio e longo prazo, através da identificação e uso das próprias competências desenvolvidas, como também do reconhecimento e superação de suas fragilidades.


Outplacement é uma solução profissional, elaborada com o objetivo de conduzir com dignidade e respeito os processos de demissão nas companhias. É um sistema de ganha-ganha, que busca o beneficio de todos os envolvidos. 
Os Serviços de Outplacement, no início de seu desenvolvimento, eram somente oferecidos em países mais desenvolvidos. Com o advento da globalização, a solução se tornou um produto altamente procurado, e a prática de outplacement passou a ser mais procurada e oferecida em outros mercados. 

TRRRRIIIIIIIM!

EU - Alô!
ELES - É a Srª Engraçadinha? Nós recebemos seu currículo pelo site blábláblá e nós somos de uma empresa de Outplacement. Vimos que a senhora concorda em participar de uma entrevista de uma empresa como a nossa.
EU - Sim, concordo, como funciona?
ELES - Nós cruzamos seus dados com importantes empresas do nosso casting e quando a senhora estiver EMPREGADA, 50% do seu primeiro salário, será pago a nós. Só quando a senhora estiver empregada, veja bem! A senhora concorda em participar de uma entrevista?
EU - Claro!
ELES - Então entre no nosso site para conhecer um pouco do nosso trabalho.
EU - Claro!

Claro mesmo. 
A empresa em que trabalho até hj foi fruto de uma contratação assim. Na ocasião, era o maior salário da minha vida e dei metade de bom grado. Quer dizer... Engraçadão me fez parcelar essa metade. E lá se irão 8 anos em fevereiro.

Acontece que eu fiquei muito boa e me especializei demais pro salário que recebo, então pouco antes de entrar de férias, comecei a botar meu currículo pra jogo. Não ia recusar uma proposta assim. Não tenho problema algum em dar metade do meu primeiro salário se isso representar mais q o dobro do que eu ganho hoje. 
Munida desse sentimento fui lá.

1 hora de espera. 
Tudo bem que atrasei 10 minutos por causa do metrô Rio e suas paradinhas, mas foda-se, estava de férias. Nada me aborrecia. Não deixei de falar nem 1 minuto com o entrevistador pelo telefone, pq afinal eu atrasei mas sou limpinha.
1 hora de espera.

Me atendem finalmente. O visu do lugar é melhor que o primeiro de 8 anos antes, apesar de claustrofóbico.
Essas salas no Centro são sempre apertadinhas. Deve ser para que não percam o foco né? Bah! Geralmente não tenho preconceito, quero é trabalhar. E daí que fui conduzida para uma sala minúscula, por um dos sócios. Ou pseudos.

Ele fala rápido, tece elogios ao meu currículo e pergunta quanto eu quero ganhar. Eu digo. Ele questiona por q tão pouco? Mete o dedo na ferida e torce. 
Eu respondo que não tenho faculdade concluída, por isso me sinto acanhada de pedir mais. Ele me diz que isso é bobagem. 
Eu sei q é bobagem. Já vi isso na prática. Se o profissional é bom e o gerente o quer a qualquer custo, não importa se a faculdade foi concluída ou não. Principalmente quando esse profissional vai ser treinado pela empresa. 
Só q eu não tenho encontrado esse tipo de empregador no meu caminho faz uns 5 anos. Mas sei q ele existe. 

Dos elogios ao meu currículo, ele passa às regras. Claro, acrescenta algumas. 
Da recolocação no mercado que diz ser um serviço a ser pago só ao receber o primeiro salário, ele me empurra cursos que sem isso, não poderei viver: Coaching, Edição de currículo, Preparação para Entrevistas, Job não sei o q.
Fala rápido, diz que tudo será descrito no contrato e que não há o que temer; que muito embora seja um contrato de 6 meses, a empresa não tem interesse em me "prender" esse tempo todo e que acredita, como trata-se de um excelente currículo, no máximo 2 meses eu já estou no meu emprego de sonho! Claro q eu acredito. 
Sou dedicada, comprometida, trabalho com qualidade, tenho excelente fluência, etc, etc, etc... Sei bem o quanto eu valho, mas não dispunha daquela quantia.

Falei que eles erraram de alvo, eu não tinha condições de pagar nada. Hallouuu, tenho 3 filhos!! Se eu quero mudar de emprego, é q meu salário não paga as contas caralho! 
Eles não se doeram. Primeira pulguinha saltando das minhas orelhas.

Chamou o dono. O dono só não me deu o cu. Mas não abriu mão dos serviços. A-hã! E o salário dos meus sonhos fazendo bling-bling. Porque segundo eles, eu só teria q olhar meus emails diariamente e atender ao telefone para marcar as entrevistas. 

Aí eu paro e penso em Deus. Sempre. 
Comecei a viajar q era uma conjunção astral, e eu bem lá no meio, só precisava sacar o cartão de crédito e parcelar aquele troço, pois o dono prometeu q devolveria a primeira parcela no vencimento, já q a administradora liberaria a grana de imediato pra eles. Então funcionaria como uma espécie de cheque-calção. E eles lucravam era justo nesse Gap.

Sim, Deus estava lá. 
Me fez levar o cartão de crédito vencido e bloqueado. O novo desbloqueado ficou em casa. Amém. Fui impedida de fazer uma loucura.

Ao invés disso, passei um cheque de R$ 2.100,00 que trocaria na semana seguinte pelo cartão bom. Então eles redigiram o contrato e eu fui lendo. E eles me pressionando para assinar e eu lendo. E vi. Estava tudo em contrato. Mesmo:

VOCÊ TERÁ O DIREITO ÚNICO E IRREFUTÁVEL DE NÃO TER DIREITO E DE NÃO RECLAMAR DESSE DIREITO. NÃO GARANTIMOS ISSO, NEM AQUILO, NEM AQUILO OUTRO. ESSE SERVIÇO NÃO DÁ GARANTIAS DE QUE O CONTRATANTE CONSIGA O EMPREGO BLABLABLA WHISKAS SACHÊ!

E eu rubricando, dando ciência e refutando que entendi tudo direitinho, claro, já tendo entregue o cheque. Claro q me deu agonia.


Saí de lá com o coração oprimido e não certa de que tinha feito um bom negócio. 
Angustiada, desci aos prantos pelo elevador, me desconhecendo, porque eu não sou assim, não tenho medo de falar. A q ponto eu chegara meu Deus?!

Perguntei na portaria há quanto tempo a empresa trabalhava naquele prédio, ao q o porteiro respondeu desde maio de 2011.
Aí q eu chorei mesmo. Liguei pra uma colega de trabalho, antenada e mercenária... precisava q alguém me dissesse q eu não tinha feito uma merda do tamanho do mundo. Ela não atendeu aos celulares.
Liguei em seguida para minha irmã. Essa sim, me deu o tiro de misericórdia:

MISS MOURA - Sobe lá e pega esse cheque agora. ISSO NÃO É COACHING!

Não pisquei. Saí correndo pelo mesmo elevador, toquei a campainha e dei de cara com o dono e sua cara de bocó. Fui logo dizendo que não dava, q queria desistir. Ele nem retrucou. Prontamente buscou meu cheque e rasgou o contrato na minha frente. Ufa!

Mal dá pra acreditar q saí ilesa dessa roubada. Depois de uma tarde inteira presa nesse escritório negociando, dizendo q não tinha dinheiro, se não dava pra fazer de outro jeito... não dava. 
Não perdi nada. 
Ganhei experiência.

Por isso meus queridos 1's leitores, abram o olho! 
Existem empresas conhecidíssimas no mercado que oferecem esse serviço, sem cobrar preço exorbitante. A Catho é uma delas. Oferece os mesmos serviços por preços módicos e não assalta ninguém. Além de ser reconhecida no mercado como uma empresa séria. 

Eu me livrei, mas outro, pode não ter tido a mesma sorte. 

14 comentários:

Ju Micasi disse...

Caramba... Fazem tudo pra
confundir. Mas Deus é mais!

Lulu on the sky disse...

Engraçadinha, aprende uam coisa gata. Quando a esmola é demais, o santo desconfio. Não tenho grana pra pagar empresas que me recoloquem no mercado. A Catho pode ter nome, mas nenhum dos meus amigos que pagaram pelos serviços foram recolocados e olha que tinha gente boa viu. Graças a Deus à Miss Moura te iluminou e outra coisa dona moça, jamais assine qq cheque antes de ler inteiro o contrato.
Big Beijos

Wallace disse...

Desde quando procurava estágio eu tenho um cagaço de entrevista. Agora eu tô beim... rs...

Engraçadinha disse...

Wallace,
Beim o q? Cagado de urubu ou bem resolvido?
Esquece, eu só estou apelando p ter mais comentários. =B

Gaúcho disse...

Como diz minha mãe, você teve mais sorte do que juízo! Enfim, depois do cagaço, a bonança.

Sentiu minha ausência, então? Pois é! Mas eu voltei.

Abração, amiga.


Flavio Santos

Engraçadinha disse...

Mto curioso isso. A gente fica eras sem se falar e aí eu fico pensando em vc e vc aparece. Não é a 1a vez!
Feliz c a suz volta. :D

Anônimo disse...

UFA! Que bom que você voltou lá e pegou o cheque... Sobre a Catho: consegui emprego via Catho e conheço pessoas que também conseguiram.. mas tem que ficar de olho, tem empresa de headhunting (do tipo dessa que você foi) que usa a Catho pra aliciar suas vítimas... enfim, em todo lugar há de se tomar cuidado... bjs.

Anônimo disse...

Ah, by the way, sou leitora do Mulheres e cheguei aqui há um tempo atrás por acaso... adoro seu blog, bjs, Isabela

Engraçadinha disse...

Oh Isabela, valeu.
Eu já estava prestes a chamar o anônimo de fofo, daí vc se identificou.
O Mulheres já foi minha casa de praia e tenho muito carinho pelo blog e pelas meninas.
Volte sempre e fale à vontade.

Wallace disse...

kkkkkk... essa dona Engraçadinha não é fácio... Agora eu tô beim resolvido. Em breve eu que estarei promovendo as entrevistas.

Agora que eu tô vendo, Google Adsense. Agora sim, vc fica rycca. :P

Morena disse...

É o mundo está realmente cheio de gt mal intencionada! Aindaaaaaaaaa bem que vc deu sorte de ter uma irmã que abriu seus olhos!!! E Deus p n te dar o cartão!

Mas hein vc já tá boa da pneumonia? Li seu post da chuva frustante e o médico e caraca q falta de sorte!!!

Fiquem com Deus
Beijos saltitantes a todos
Boa semana

Ane Brasil disse...

CA RA LHO!
que roubada, bicho.
Eu fico puta é que essas picaretagens jogam, justamente, com o desespero das pessoas.
Que morram todos com ferida no cu.
Bicho, cê teve os famosos 5 minutos de leseira.... (ou será que eles botaram psicotrópicos no seu cafezinho?)

Sorte e saúde pra todos - menos pra esses féladapó!

Engraçadinha disse...

E aí Ane?
Verdade 5min de leseira. Acomete todo mundo uma hora ou outra.
E então, voltou?

Tatilda disse...

Tô bége com essa história! Q coisa hein, eu sempre penso, se eu tenho dúvidas, melhor não fazer... A CERTEZA é a melhor das conselheiras!
Eu consegui um emprego pela Catho, muito bom por sinal, mas acho q fui uma em 1 milhão kkkkk o Rafa se cadastrou na Catho, com um cv impecável e só recebia vaga para vendedor e telemarketing! hahahhahah

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...