Subscribe:

quarta-feira, julho 18, 2012

OS MENINOS


É engraçado acompanhar as crianças de perto. Eles sentem tédio.
Essas férias não estão sendo do jeito que eles queriam. Como o grande sonho dourado de ficar na rua direto, comendo fora e só se divertindo. 

Tem a organização do aniversário do Sr. Kbça de Bolinha. 1 festa por ano, lembram? Pois é, ele já sabia q seria a vez dele e esperava ansiosamente por isso. Não pode prometer algo a criança e descumprir. Deus tá vendo viu?

De maneira q a natação veio pra salvar a harmonia familiar. Agora eles nadam, mas fora daquele treinamento recreativo q era em natação de escola, sobressai o lado técnico. E eles estão amando! Estão sendo desafiados toda semana. 

Acontece que para  administrar essa balbúrdia familiar, tem q ter talento e muita força na peruca! E haja peruca.
No geral, eles são bonzinhos, eu tento ensinar auto-suficiência, mas não adianta, o papel de mãe chata está entranhado. Ensinar que eles se virem sozinhos também é uma tarefa árdua. E qual é a mãe q não tem vontade de se esconder de vez em quando? 
Os bicho falam! E falam pelos cotovelos, pelos ouvidos, pelos braços, pelos fios de cabelo e eu me pergunto, quem foi o féla q ensinou esses putos a falar desse jeito; que lia histórias, que conversava com o bebê, q estimulou esses mini-félas a ter o raciocínio mais rápido q o seu?
Quem deixou?
Por q se eu encontro esse troço por aí eu dou umas bicadas de sapato bico fino neles.

Bem... estou me sentindo mais calma, mais cândida, mais de cabelo liso... é não tem dado pra pentear cabelo.
Eu acordo, compro pão, ajudo a fazer o café ou arrumar a mesa, ajudo a marido e filha a saírem de casa, leio, escrevo email, já é meio-dia, corro pra almoçar, então é dia de natação, a gente descansa um pouquinho, tem dia q tem cinema, mas é sempre com tudo correndo.

Eles lutam, se embolam no chão, se porram de mentirinha, brigam, se abraçam, se beijam, se acusam, ficam de castigo juntos, brigam, se calam, sentam pra lanchar, já tomaram banho? Comem, pedem biscoito, fruta, bolo, suco, iogurte, bolo, bala, bolinha de sabão, chiclete, comida, bolo, biscoito, doce de leite (me escondo, grito, dou esporro, beijo.). Socorro!

Aí eu me pergunto: Que mãe guenta isso?
Então eu ganho um desenho, um elogio, uma gargalhada impagável do Sr. Cabeça de Bolinha ou ainda um raciocínio lógico e bem elaborado de Pacotinho e me derreeeeetoooooo... ai, ai... suspiro... e sigo em frente.

Sou fácil.
Apaixonada e histérica. Sou italiana?
Só que essa força avassaladora que me move, eu nem desconfiava de onde vinha.

2 comentários:

Rê disse...

Sensacional!!!

Adorei!

ANDRE GONÇALVES DA SILVA disse...


20 pessoas que se deram mal tentando bancar os engraçadinhos

http://www.mestresabe.com/2015/07/20-pessoas-que-se-deram-mal-tentando.html



meu blog de uma passadinha http://www.mestresabe.com/

aproveite e veja meu site de vendas

http://www.lojadomestreandre.com.br/

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...