Subscribe:

domingo, agosto 17, 2014

BIBLIOTECA PARQUE - HOJE É DIA!



A cada 15 dias, sempre aos domingos, eu levo as crianças à Biblioteca Parque Estadual no Centro da cidade do Rio. Assim como muita gente, não fazia ideia de que esse lugar existia, muito menos que era parque ou por quê assim era chamada.

Fato, é que por conta de um outro projeto que os meninos participam, acabei descobrindo essa maravilha. Foi através propaganda boca-a-boca que cheguei nesse lugar.

Para começar, elas são um projeto do governo estadual e eu juro que não estão me pagando nenhum centavo para falar bem. É que eu parto da premissa de que o que é bom, deve ser divulgado.  Digo elas, porque existem outras pelo Rio (em Manguinhos, na Rocinha e Niterói). Hoje especificamente vou falar da que fica no Centro.

Para chegar é muito fácil. Dá pra ir de carro, de ônibus ou de metrô, já que ela fica bem ao lado do Campo de Santana, perto da Central do Brasil, perto do Palácio Duque de Caxias. Dá pra ir inclusive de bicicleta, já que aos domingos a cidade fica vazia e de quebra, tem um espaço reservado para guardá-las. São 40 vagas no total.

Na foto acima, vemos o Sr. Cabeça de Bolinha despojado no espaço destinado a se guardar as magrelas. Sentou ali e pediu gentilmente:

SR. CABEÇA DE BOLINHA - Mamãe, tira uma foto?

Que tipo de mãe resiste a um pedido desses, ainda mais com as várias possibilidades que o lugar te dá para fotografar? Pois é, eu estou viva! Não resisto mesmo. Saio clicando igual a uma turista japonesa, tudo o que vejo pela frente. E é cada coisa, leitores! Não dá pra aguentar. 

Nesse dia, tinha gente bonita e descolada fazendo reuniões nos espaços e salas destinadas a isso. E tem. Se você é uma start up por exemplo, encontra nesse lugar um espaço para fazer reuniões. Basta se cadastrar.


Outro local irresistível é o espelho d'água. Lindo  e convidativo, ao menos as crianças da minha família enlouquecem com esse monumento e todas as poses mais esquisitas e inusitadas aparecem. E lá vou eu tirar mais foto, porque né? Sou dessas, não seguro a onda mesmo!

Pacotinho foi apenas na segunda vez em que estivemos lá. Confesso que ele ficou super eufórico com a ideia da visita, pois há muito vinha mostrando esse desejo de conhecer uma biblioteca. Como ele só tem acesso à da escola, ficou bastante ansioso. Então chegou a não se comportar muito bem, correndo pelo espaço, subindo onde não deveria e basicamente, correndo até eu dar um "guenta" e fazê-lo voltar à realidade de seus 11 anos, ao invés dos 4 anos que mostrava sua personalidade.


Lugar para descanso e ócio também tem de montão. Seja nos bancos de madeira que fazem a gente pensar que está dentro de um caixote, seja nessas espreguiçadeiras ou do lado de fora na área destinada a um lanchinho. Onde quer que você visite, dá vontade de sentar, pegar um livro ou revista e se esquecer das horas. E foi justamente com esse propósito que a decoração foi feita. Ela te convida a se esquecer das horas e quase consegue fazer isso com o celular, não fosse a compulsão por fotos, que também te move a fotografar cada canto e compartilhar nas redes sociais. 
Seria uma jogada de marketing essa dualidade?


Agora vem a melhor parte! Na entrada lateral, tem um espaço especial e exclusivo para as crianças. Esse cantinho só deles, permite que pulem, corram, leiam e se divirtam sem aquele peso de censura, que muitas vezes nós adultos impomos, para não incomodar quem está em volta. 

Tem quadro negro, tem um aquário cheio de pufs de vários tamanhos e cores, onde a gente pode se largar literalmente e sem medo de ser feliz!


A antessala é composta por uma recepção, onde se registra nome dos pais, da criança e o telefone. Ali, todos ganham uma pulseirinha pro caso de se perderem. Portanto, mamães que como eu se distraem fácil, podem se distrair à vontade, pois caso seu filho abra o berreiro junto à recepcionista, ela fatalmente vai te ligar. 

Isso não é desculpa, tá? Estou indo pela terceira vez e nunca perdi uma criança sequer! Portanto, atenção ao seu filhote sempre. Não dá pra descansar, né? Pois o pior não é se perder ali dentro. Como o local é público, todo o tipo de gente tem acesso e é aí que mora o perigo!


Para fazer retiradas é bem tranquilo. É só levar RG, CPF e comprovante de residência, para um cadastro online. Ali, quase instantaneamente você recebe sua carteira provisória. 

Não sai definitiva ainda, porque estamos em época de eleição e mudando a gestão, pode ser que mudem algumas regras. Em todo caso, entendi que as regras se restringem a layout ou coisa parecida. Nada que vá implicar na qualidade do serviço prestado, assim espero.
Pode-se retirar dois livros por vez e o tempo de permanência máximo é de 15 dias.

SERVIÇO

A Biblioteca Parque funciona de terça à domingo, das 10 às 20h.
Av. Presidente Vargas, 1261, Centro – Rio de Janeiro – RJ
CEP 20071-004
Tel: 2332-7225

7 comentários:

Lulu on the Sky disse...

Quem disse que Biblioteca precisa ser um lugar chato? O post da Madonna foi ontem.
big beijos

Amanda Schuler disse...

Que máximoooooo! Achei fantástico esse lugar e a proposta!
Muito bom..
Beijocas

rendasepaetes.com

Karla disse...

Muito legal este lugar, Flavia!
Chega a ser surpreendente!
Compartilhei sua dica lá na fanpage do Cariocando por aí! :)

Beijos,
Karla

Claudia Carrera disse...

Adorei! Vou postar sua experiência no Roteiro baby Rio de Janeiro.
Bj!

Flavia Moura disse...

Karla,

Obrigada por ter compartilhado a dica. Vou visitar e ver o que foi publicado.

E Claudia,

Tentei te contatar para agradecer, mas não vi meio. Estou te seguindo no G+ e tentarei responder às suas postagens.

Abraço.

Cris Philene disse...

Opa, olha aí que super dica!!!
Aqui pertinho tem a de Manguinhos, já estive lá com o pequeno, mas não registrei, pode isso? kkkk
Bom, voltarei devidamente equipada!
Adorei as fotos, e realmente é lindo!!!
bjss

Cris Philene disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...